Mercado fechado

Evans, do Fed, diz que EUA estão adotando riscos desnecessários com falta de mais auxílio

·1 minuto de leitura
Presidente do Federal Reserve de Chicago, Charles Evans
Presidente do Federal Reserve de Chicago, Charles Evans

(Reuters) - Os Estados Unidos deveriam fornecer mais ajuda aos milhões de norte-americanos que perderam o emprego durante a crise do coronavírus, disse o presidente do Federal Reserve de Chicago, Charles Evans, nesta quinta-feira, no mais recente alerta explícito de uma autoridade do Fed sobre as prováveis consequências do impasse no Congresso em relação a um pacote de auxílio devido à pandemia.

"Correremos um risco muito sério e desnecessário se não estendermos a assistência federal a famílias desempregadas", disse Evans em comentários preparados para a Câmara de Comércio de Illinois.

"O rombo potencial na demanda agregada pode ser grande e, em minha opinião, mais alívio fiscal é necessário para limitar mais danos às famílias e empresas, especialmente aquelas em comunidades vulneráveis."

(Por Ann Saphir)