Mercado fechará em 2 h 19 min

Europeus pré-históricos usavam objetos de bronze como moeda, segundo estudo

·2 minuto de leitura
Anéis e machados da Idade do Bronze em foto divulgada em 20 de janeiro de 2021

Os centro-europeus na Idade do Bronze utilizavam anéis de bronze, costelas e lâminas de machados de tamanho e peso padronizados como forma de moeda, segundo um estudo. 

A pesquisa realizada por acadêmicos da Universidade holandesa de Leiden foi publicada nesta quarta-feira(20) na revista PLOS ONE. 

O dinheiro é um aspecto essencial da vida moderna e a padronização da moeda é uma de suas chaves. 

Mas como os povos antigos não tinham meios precisos de medir o valor, os arqueólogos contestam se o que foi encontrado nas "reservas" da Alemanha, Áustria e República Tcheca,além de outros lugares, eram realmente moedas ou simplesmente blocos de metal usados para fundição. 

Os objetos têm cerca de 4.000 anos, quando os centro-europeus viviam em sociedades agrícolas caracterizadas pelo uso de ferramentas de bronze, armas, armaduras e materiais de construção; entre outros. 

Mikael Kuijpers, professor assistente de Pré-história Europeia, disse à AFP que a pesquisa que liderou foi baseada em uma nova metodologia "que está mais de acordo com a forma como os objetos seriam pesados na Idade do Bronze".

Junto com Catalin Popa, coautor do estudo, eles analisaram mais de 5.000 objetos encontrados em mais de 100 reservas. 

Em vez de medir objetos apenas pelo peso, eles os compararam usando o princípio da psicologia conhecido como "Fração de Weber". Este princípio estabelece que se a massa dos objetos for semelhante, quem os pesa manualmente não percebe as diferenças.

Os pesquisadores descobriram que cerca de 70% dos anéis, que tinham um peso médio de 195 gramas, eram semelhantes o suficiente para que a diferença não fosse perceptível. 

Essas peças não são as formas mais antigas de dinheiro - na Mesopotâmia as moedas eram usadas há cerca de 5.000 anos - mas Kuijpers disse que a metodologia concebida poderia ser usada para investigar objetos do mundo antigo. 

É impossível saber quanto valeria cada um desses objetos em dinheiro atual e se eles poderiam ser usados para comprar armas ou gado, por exemplo. 

No entanto, "é um material que eles valorizaram muito. Isso é claro", disse Kuijpers.

ia/caw/gm/rs/jc/mvv