Europa fecha em alta sob aguardo de reunião do Fed

As bolsas da Europa fecharam em alta nesta quarta-feira com a expectativa para o anúncio do Federal Reserve sobre sua decisão de política monetária e o otimismo em relação ao sucesso do programa de recompra de bônus do governo da Grécia. O índice pan-europeu Stoxx 600 teve uma ligeira alta de 0,05%, fechando a 280,64 pontos.

O Ministério de Finanças da Alemanha, liderado por Wolfgang Schaüble, disse, nesta quarta-feira, que o programa de recompra de bônus da Grécia foi um sucesso e pediu que o Parlamento alemão aprove a liberação da próxima parcela da ajuda internacional aos gregos.

A Grécia vai pedir empréstimos adicionais aos seus credores oficiais para comprar 31,9 bilhões de euros em bônus oferecidos pelos investidores privados na operação de recompra, que é crucial nos esforços do país para reduzir sua dívida e receber nova ajuda externa. O valor ofertado de bônus foi superior à meta de 30 bilhões de euros do país.

As atenções dos investidores agora se voltam ao comunicado da decisão de política monetária do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) do Federal Reserve. A expectativa é de que o Fed anuncie um novo programa de compra de bônus para substituir a Operação Twist, que termina este mês.

"Os investidores podem acabar decepcionados. Com a questão fiscal nos EUA a perspectiva para a economia norte-americana é cada vez menos clara. Isso faz com que seja ainda mais difícil para o Fed fazer previsões certeiras e pode convencê-lo a adiar a decisão sobre compras de ativos até o fim de janeiro", informou a Alpari.

Nesse cenário, o índice DAX da Bolsa de Frankfurt teve ganho de 0,33%, a 7.641,79 pontos. O destaque da sessão foi novamente a siderúrgica ThyssenKrupp, que subiu 3,8% em um segundo dia de fortes altas com a divulgação do balanço fiscal de 2012.

O índice CAC-40, da Bolsa de Paris, avançou 0,01% e fechou a 3.646,66 pontos. As ações da Peugeot dispararam 10% após o boato, posteriormente negado, de que o governo da Argélia estaria planejando comprar parte da companhia.

Na Bolsa de Londres, o índice FTSE teve alta de 0,35%, fechando a 5.945,85 pontos, com destaque para a Anglo American, que avançou 2,7% após o upgrade de uma corretora.

O índice PSI-20, da Bolsa de Lisboa, subiu 0,90%, fechando a 5.561,47 pontos. Em Madri o índice IBEX-35 teve alta de 0,83%, a 7.986,80 pontos. E em Milão, o índice FTSE-Mib ganhou 1,15% e fechou a 15.764,98 pontos, no segundo dia de recuperação após sucessivas baixas com o anúncio da intenção de renúncia do primeiro-ministro da Itália, Mario Monti. As informações são da Dow Jones.

Carregando...