Eurogrupo não chega a acordo sobre Grécia

Bruxelas, 21 nov (EFE).- A eurozona, o Banco Central Europeu (BCE) e o Fundo Monetário Internacional (FMI) fracassaram já na madrugada desta quarta-feira em sua tentativa de alcançar um acordo sobre o futuro do resgate grego devido a detalhes técnicos, mas retomarão as negociações na próxima segunda-feira.

"Estamos perto, mas é preciso realizar verificações técnicas e fazer cálculos financeiros. Como isso já não era possível a essa hora do dia, interrompemos a reunião para retomá-la na segunda-feira", indicou o presidente do Eurogrupo, Jean-Claude Juncker, ao término da reunião.

Após quase 12 horas de negociações, Juncker assegurou que a reunião não fracassou por nenhum motivo em especial, uma vez que não há grandes desacordos políticos entre os países da eurozona.

Quanto ao desembolso da próxima parcela da ajuda, de 31,5 bilhões de euros, Juncker admitiu que não sabe quando o montante será liberado, mas destacou os esforços realizados pela Grécia para poder recebê-lo.

A diretora-gerente do FMI, Christine Lagarde, assinalou por sua parte que o Eurogrupo está perto de fechar o buraco fiscal da Grécia, mas ressaltou que ainda há trabalho a ser feito para alcançar um acordo sobre a questão. EFE

Carregando...