Euro se recupera ante dólar; iene tem 6ª queda seguida

O euro se recuperou das perdas da manhã e chegou ao fim da quarta-feira em alta frente ao dólar. A moeda única europeia havia caído para US$ 1,2736 pela manhã, depois de os ministros das Finanças da zona do euro e representantes do Fundo Monetário Internacional (FMI) não terem chegado a um acordo para a liberação de recursos para a Grécia que vêm sendo retidos desde junho.

O euro passou a subir depois de a chanceler alemã, Angela Merkel, dizer que há uma chance de chegar a um acordo na próxima reunião, na segunda-feira. "O mercado parece acreditar que os dirigentes eventualmente chegarão a um acordo e acharão alguma forma de dar à Grécia a ajuda de que ela precisa, e isso limita a tendência de queda do euro", disse o estrategista Robert Lynch, do HSBC.

Frente ao iene, o dólar subiu pelo sexto dia consecutivo, alcançando o nível mais alto desde 6 de abril (82,57 ienes), depois de o Japão anunciar que teve em outubro seu maior déficit comercial em 30 anos para esse mês. O indicador alimentou a expectativa de que o Banco do Japão (BoJ) passe a afrouxar sua política monetária agressivamente em 2013.

No fim da tarde em Nova York, o euro estava cotado a US$ 1,2830, de US$ 1,2817 na terça-feira; o iene estava cotado a 82,52 por dólar, de 81,67 por dólar na véspera. As informações são da Dow Jones.

Carregando...