Euro opera em baixa diante de preocupações políticas

O euro recuou das máximas em mais de um ano diante do dólar à medida que problemas políticos na Espanha e na Itália minaram a confiança dos investidores na moeda europeia. Analistas disseram que o enfraquecimento do euro também pode ser um ajuste depois de a moeda ter atingido o nível mais alto desde 14 de novembro de 2011 na sexta-feira, acima de US$ 1,37.

Durante o fim de semana o primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy, prometeu divulgar suas declarações fiscais e seus ativos nos próximos dias, em uma tentativa de conter o escândalo sobre pagamentos secretos a ele e outros políticos do Partido Popular. Na Itália, o ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi afirmou que vai devolver o que os italianos pagaram em 2012 em imposto sobre a primeira moradia caso seja eleito em fevereiro.

"Eu acho que o mercado abriu nesta manhã, olhou para o euro elevado e decidiu ajustar algumas posições", afirmou Daragh Maher, estrategista de câmbio do HSBC Holdings em Londres. "As ameaças de Berlusconi ao programa de austeridade durante o fim de semana e os problemas domésticos de Rajoy também forneceram motivo para um pouco de venda de euros nesta manhã", acrescentou.

Outro fator que pesa sobre o euro é a reunião de política monetária do Banco Central Europeu (BCE), na quinta-feira. Os operadores vão observar de perto a entrevista à imprensa do presidente da instituição, Mario Draghi, em busca de qualquer menção ao recente avanço da moeda. Também na quinta-feira o novo presidente do Banco da Inglaterra (BoE), Mark Carney, participará de uma audiência no Comitê Seleto do Tesouro do Reino Unido para discutir política monetária e estabilidade financeira.

O Banco da Reserva da Austrália (RBA, o banco central do país) fará reunião de política monetária na terça-feira e a moeda do país opera firme diante do dólar.

Às 10h55 (de Brasília), o euro caía para US$ 1,3571, de US$ 1,3653 no fim da tarde de sexta-feira, e para 125,91 ienes, de 126,65 ienes, enquanto o dólar recuava para 92,76 ienes, de 92,85 ienes. A libra avançava para US$ 1,5727, de US$ 1,5695. O índice do dólar estava em 71,026, de 70,860 na sexta-feira. As informações são da Dow Jones.

Carregando...