Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,09 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +21,40 (+1,22%)
     
  • BTC-USD

    49.237,17
    +2.656,12 (+5,70%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,71 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

Euro ganha força contra o dólar e aciona pivô de alta.

·2 min de leitura

Observando o gráfico semanal do EUR/USD, é possível entender um pouco melhor a dinâmica dos preços. Em maio de 2020 o euro começou a se valorizar em relação ao dólar, fazendo um forte movimento de alta. Após fazer um topo, a moeda corrigiu até a retração de 38,2% de todo o movimento de alta. Em seguida o euro tentou subir novamente, mas falhou em romper topo, e vem caindo desde então.

Conforme mostrado no gráfico, o euro começou a cair após falhar em romper topo. Mas o ativo se segurou na região do fundo anterior, que também coincide com a retração de 38,2%. Na sequência a moeda europeia tentou subir novamente, mas sequer chegou até a média, voltando a cair na semana seguinte. Com essa movimentação, o Euro acionou um pivô de baixa no gráfico semanal.

Observando o gráfico diário, é notado que após acionar o pivô, o euro caiu com força até o primeiro alvo. Entretanto, a moeda respeitou a resistência gerada pelo alvo e passou a subir.

Na semana passada a moeda europeia superou a média móvel de 20 períodos do gráfico diário, mas não conseguiu romper a região do fundo do pivô. Hoje, no entanto, o euro vem fazendo um forte movimento de alta, rompendo a resistência e acionando um pivô de alta no gráfico diário.

Então o Euro vai subir?

Se a moeda europeia conseguir romper a região do fundo perdido, é possível que dê continuidade a alta. Contudo, mesmo que o ativo alcance o terceiro alvo do pivô do gráfico diário, o pivô do gráfico semanal ainda não terá sido desarmado. Deste modo, é possível que o euro faça um pequeno movimento de alta, para na sequência voltar a cair.

O que reforça esta hipótese é que o terceiro alvo projetado pelo pivô semanal, coincide com a retração de 61,8% de todo o movimento de alta. Como se trata de um par de moedas, existe uma grande probabilidade de que o ativo corrija até esta retração.

Outra hipótese possível, porém, é que o euro volte a subir, mas permaneça fazendo movimentos com pouca amplitude. Isto seria caracterizado por uma consolidação no gráfico semanal. Este tipo de movimentação também é comum para pares de moedas após um forte movimento, como aconteceu com o EUR/USD ao final de 2020.

This article was originally posted on FX Empire

More From FXEMPIRE:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos