Mercado abrirá em 47 mins

Euro fraco estava entre considerações do BCE para aumento dos juros, diz de Guindos

Vice-presidente do BCE, Luis de Guindos

FRANKFURT (Reuters) - A fraqueza do euro em relação ao dólar foi um dos fatores por trás da decisão do Banco Central Europeu (BCE) de optar por um aumento de juros acima do esperado de 50 pontos-base mais cedo neste mês, disse o vice-presidente do BCE, Luis de Guindos, a um jornal estoniano.

"A depreciação do euro tem sido um dos fatores por trás da alta inflação", disse de Guindos segundo reportagem do Postimees desta sexta-feira. "A taxa de câmbio foi obviamente considerada em nossa discussão na semana passada, pois estamos cientes de seu impacto na evolução da inflação."

Enquanto o crescimento desacelera, o principal trabalho do BCE é controlar a inflação, de modo que o principal fator que orientará os futuros movimentos de política monetária será o crescimento dos preços ao consumidor, que está muito alto no momento, disse Guindos.

(Reportagem de Balazs Koranyi)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos