Euro avança e iene cai antes do anúncio do Fed

O euro opera em alta ante o dólar e o iene se enfraquece diante da moeda norte-americana na sessão europeia, antes do anúncio de política monetária do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês), do Federal Reserve, previsto para as 15h30 (de Brasília).

A divisa japonesa recua diante da possibilidade de que mais medidas de estímulo econômico sejam adotadas no Japão após as eleições parlamentares de domingo (16). Por outro lado, o dólar recua diante da maioria das outras moedas, horas antes da conclusão da reunião de dois dias do Fed, que, segundo analistas, deverá manter sua política de estímulo monetário. Na máxima do dia, o dólar chegou a atingir 82,95 ienes, seu nível mais alto em mais de oito meses.

Pesquisas indicam que o principal grupo oposicionista do Japão, o Partido Liberal Democrata (PLD), liderado pelo ex-primeiro-ministro Shinzo Abe, deverá ter uma vitória avassaladora no fim de semana que pode garantir à legenda e a seu aliado uma maioria de dois terços no Parlamento. O líder do PLD prometeu elevar os gastos públicos e defendeu medidas ilimitadas de relaxamento por parte do Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês) para assegurar o cumprimento da meta de inflação.

O dólar perde terreno em meio a expectativas de que o Fed anuncie um novo programa para substituir a Operação Twist. Moedas ligadas a commodities, como os dólares australiano, neozelandês e canadense, são as principais beneficiárias da desvalorização da divisa dos EUA.

Às 11h26 (de Brasília), o euro subia a US$ 1,3040, de US$ 1,3006 no fim da tarde de ontem em Nova York. O dólar avançava para 82,90 ienes, de 82,51 ienes. A libra estava em US$ 1,6143, ante US$ 1,6141 ontem. O índice Wall Street Journal Dollar Index, que acompanha a moeda norte-americana ante uma cesta de rivais, recuava para 70,145, de 70,185. As informações são da Dow Jones.

Carregando...