Mercado fechará em 2 h 56 min
  • BOVESPA

    111.649,58
    -2.163,29 (-1,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.481,64
    -248,16 (-0,51%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,46
    +0,96 (+1,06%)
     
  • OURO

    1.763,00
    -8,20 (-0,46%)
     
  • BTC-USD

    21.550,83
    -1.796,16 (-7,69%)
     
  • CMC Crypto 200

    513,01
    -28,60 (-5,28%)
     
  • S&P500

    4.242,54
    -41,20 (-0,96%)
     
  • DOW JONES

    33.819,08
    -179,96 (-0,53%)
     
  • FTSE

    7.550,37
    +8,52 (+0,11%)
     
  • HANG SENG

    19.773,03
    +9,12 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    28.930,33
    -11,77 (-0,04%)
     
  • NASDAQ

    13.293,00
    -230,25 (-1,70%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2055
    -0,0083 (-0,16%)
     

Séries e beber com amigos: o happy hour do CEO da Exame

Renato Mimica, CEO da Exame e sócio do BTG Pactual, já viajou por boa parte do mundo, mas tem um carinho especial por Bahamas, arquipélago onde casou-se com Mica Rocha, empresária e influenciadora digital. Nos momentos livres com a família, o executivo gosta de receber os amigos e conversar bebendo vinho, ou então de maratonar séries. Entre as preferidas que assistiu recentemente, ele destaca “Euphoria” e “Succession”, ambas da HBO.

No happy hour, o vinho também é apreciado por Mimica, mas o chopp está entre as bebidas preferidas para a ocasião. Entre tantas opções alcoólicas que o agradam, uma faz do executivo praticamente um colecionar: “gosto muito de experimentar diferentes tipos de tequila”, afirma Mimica.

A dica de leitura do CEO da Exame é o best-seller “Rápido e Devagar - Duas Formas de Pensar”, do laureado em Economia, Daniel Kahneman. “É atemporal e obrigatório não apenas para quem é do mercado, mas para quem empreende também”, diz o executivo.

CEO gosta de experimentar diversas bebidas no happy hour. Foto: Getty Images.
CEO gosta de experimentar diversas bebidas no happy hour. Foto: Getty Images.

Trajetória no BTG & Exame

Afetado pela crise sanitária provocada pela pandemia de Covid-19 e por outros fatores externos ainda mais recentes, como a guerra na Ucrânia, o cenário econômico atual apresenta uma complexidade difícil não apenas de ser vivida, mas também de ser analisada. Em conversa com o Yahoo Finanças, Mimica refletiu sobre alguns aspectos da agenda econômica que deve pautar as próximas eleições no Brasil e sobre o desafio dos governantes em conter a inflação e prestar assistência às camadas mais pobres da população.

“Principalmente em 2021, nós tivemos políticas econômicas e monetárias globais muito expansionistas para o combate à pandemia (...) Naturalmente, isso causa inflação, que, infelizmente afeta as camadas mais pobres da população”, afirma Mimica ao destacar o exemplo dos Estados Unidos, que imprimiram trilhões de dólares para injetar na economia no período pandêmico. Como reflexo, a inflação do país subiu para 9,1% no acumulado de 12 meses encerrado em junho de 2022, o maior nível para o período em 41 anos.

Co-CEO da Exame ao lado de Pedro Valente desde 2021, Renato Mimica é formado em Administração de Empresas pela FGV EAESP e é sócio do BTG Pactual, onde, ao longo dos últimos dez anos, passou pelas áreas de Research (análise de ações), diretoria da Exame (à frente da nova vertente de negócios Exame Invest) e liderou a equipe de analistas de investimentos do BTG Pactual digital.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos