EUA: Vendas no varejo sobem 0,3% em novembro

As vendas no varejo dos Estados Unidos subiram 0,3% em novembro ante outubro, para o valor sazonalmente ajustado de US$ 412,40 bilhões, segundo informou hoje o Departamento do Comércio. O acréscimo foi menor do que o esperado pelos economistas ouvidos pela Dow Jones, que previam alta de 0,5%. Em relação a novembro do ano passado, as vendas subiram 3,7%. Em outubro, também houve queda mensal de 0,3%.

Excluindo o setor de automóveis e gasolina, as vendas no varejo avançaram 0,7% na variação mensal. Excluindo só automóveis, as vendas ficaram estáveis, como esperado.

Os gastos nas lojas de eletrônicos e aparelhos domésticos subiram 2,5% em novembro ante setembro e as vendas de varejistas sem lojas, uma categoria que inclui o comércio online, aumentaram 3,0%.

Por outro lado, as vendas nos postos de gasolina caíram 4,0% na mesma comparação, a maior queda em quase quatro anos. Os gastos também diminuíram em lojas de departamento e mercearias.

A supertempestade Sandy, que atingiu o Nordeste dos EUA no final de outubro, teve um efeito misto no resultado de vendas de novembro, de acordo com o Departamento do Comércio. O fechamento de lojas, as quedas de energia e as enchentes prejudicaram as vendas. Por outro lado, varejistas de determinados setores registraram bons resultados após os consumidores demandarem mais materiais de construção, cujas vendas cresceram 0,6%, e mantimentos para repor os estoques após a passagem da Sandy. As informações são da Dow Jones.

Carregando...