Mercado abrirá em 6 h 38 min
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.220,83 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,61 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    62,46
    +0,96 (+1,56%)
     
  • OURO

    1.750,10
    +21,30 (+1,23%)
     
  • BTC-USD

    46.333,98
    +965,90 (+2,13%)
     
  • CMC Crypto 200

    925,99
    -7,15 (-0,77%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,63 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    29.375,20
    +394,99 (+1,36%)
     
  • NIKKEI

    29.663,50
    +697,49 (+2,41%)
     
  • NASDAQ

    13.050,50
    +139,50 (+1,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7584
    +0,0001 (+0,00%)
     

EUA terá vacinas para 300 milhões de pessoas até o final do verão

·1 minuto de leitura
EUA irá adquirir 100 milhões de doses adicionais da vacina da Moderna contra covid-19

O governo dos Estados Unidos comprará 200 milhões de doses adicionais de vacinas contra a covid-19 e terá o suficiente para inocular 300 milhões de pessoas até o final do verão no hemisfério norte, disse uma autoridade nesta terça-feira (26).

Metade será comprada do laboratório Pfizer e as outras 100 milhões de doses da Moderna, as duas empresas que tiveram seus imunizantes aprovados pelas autoridades de saúde até agora.

"Com essas doses adicionais, os Estados Unidos terão vacinas suficientes para 300 milhões de americanos até o final do verão (junho-agosto)", o que representa praticamente toda a população do país, disse o funcionário a repórteres sob condição de anonimato.

O presidente Joe Biden prometeu vacinar 100 milhões de pessoas em seus primeiros 100 dias de mandato e o funcionário disse que o fornecimento semanal aos estados e territórios está aumentando, passando de 8,6 milhões de doses por semana para 10 milhões.

"Estamos muito entusiasmados para ter todo mundo vacinado o mais rápido possível", revelou a fonte.

"Gostaríamos de poder dizer hoje que todos os americanos que desejam ser vacinados podem ser vacinados, mas isso ainda vai demorar alguns meses", concluiu.

cl/bgs/tly/lda/am/mvv