Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.560,83
    +362,83 (+0,31%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.326,68
    +480,88 (+1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,02
    +0,57 (+0,64%)
     
  • OURO

    1.720,20
    -0,60 (-0,03%)
     
  • BTC-USD

    19.936,24
    -207,14 (-1,03%)
     
  • CMC Crypto 200

    456,11
    -7,01 (-1,51%)
     
  • S&P500

    3.744,52
    -38,76 (-1,02%)
     
  • DOW JONES

    29.926,94
    -346,96 (-1,15%)
     
  • FTSE

    6.997,27
    -55,35 (-0,78%)
     
  • HANG SENG

    18.012,15
    -75,85 (-0,42%)
     
  • NIKKEI

    27.311,30
    +190,80 (+0,70%)
     
  • NASDAQ

    11.505,50
    -36,25 (-0,31%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,0960
    -0,0402 (-0,78%)
     

Sindicato cobra Amazon após morte de seis pessoas em tornado

·2 min de leitura
Amazon não deveria ter funcionários trabalhando em um depósito em Illinois quando um tornado fez seu telhado desabar, disse o chefe de um importante sindicato de trabalhadores. (REUTERS/Lawrence Bryant) (REUTERS)
  • Telhado de galpão da Amazon caiu na última sexta-feira (10) durante tornado em Illinois

  • Ao menos seis trabalhadores morreram durante o tornado da última sexta-feira (10)

  • Sindicato crítica Amazon por não esvaziar o galpão com antecedência

A Amazon não deveria ter funcionários trabalhando em um depósito em Illinois quando um tornado fez seu telhado desabar, disse o chefe de um importante sindicato de trabalhadores. O telhado da instalação em Edwardsville caiu na noite de sexta-feira (10), deixando pelo menos seis trabalhadores mortos. Autoridades locais disseram que o colapso foi causado por eventos climáticos extremos.

Leia mais

"Repetidamente, a Amazon coloca seus resultados financeiros acima da vida de seus funcionários. Exigir que os trabalhadores trabalhem durante um evento de alerta de tornado tão grande como este era indesculpável", disse o presidente do Sindicato do Varejo, Atacado e Loja de Departamento, Stuart Appelbaum. em um comunicado divulgado no sábado (11).

“Este é mais um exemplo ultrajante de a empresa colocar lucros sobre a saúde e a segurança de seus trabalhadores, e não podemos suportar isso. A Amazon não pode continuar sendo deixada de lado por colocar em risco a vida de pessoas que trabalham duro. Nosso sindicato não vai recuar até que a Amazon seja responsabilizada por essas e muitas outras práticas de trabalho perigosas ", acrescentou.

Amazon afirma que enviou aviso sobre tornado

Um porta-voz da Amazon disse à Associated Press que quando um site fica sabendo de um alerta de tornado, todos os funcionários são notificados e orientados a se mudarem para um abrigo, mas se recusaram a responder, quando questionado pela AP, sobre o momento em que avisou os funcionários.

O chefe dos bombeiros de Edwardsville, James Whiteford, disse durante uma coletiva de imprensa no sábado (11) que uma mudança de turno estava em andamento quando ocorreu o colapso.

Os trabalhadores do depósito Bessemer votaram contra a formação de um sindicato com a RWDSU em abril, mas o Conselho Nacional de Relações do Trabalho ordenou uma segunda eleição para os trabalhadores em novembro, dizendo que a Amazon havia tornado "uma eleição livre e justa impossível".

A Amazon não foi o único empregador a ter funcionários trabalhando durante os eventos climáticos severos que assolaram Arkansas, Illinois, Tennessee, Kentucky e Missouri neste fim de semana. O governador do Kentucky, Andy Beshear, disse temer que mais de 50 trabalhadores em uma fábrica de velas possam estar mortos após ter sido atingida por um tornado na sexta-feira (10).