Mercado fechará em 3 h 33 min
  • BOVESPA

    128.135,29
    -1.129,67 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.027,33
    -288,36 (-0,57%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,98
    -0,68 (-0,92%)
     
  • OURO

    1.777,70
    -5,20 (-0,29%)
     
  • BTC-USD

    32.491,08
    -91,43 (-0,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    777,78
    -16,55 (-2,08%)
     
  • S&P500

    4.240,35
    +15,56 (+0,37%)
     
  • DOW JONES

    33.907,25
    +30,28 (+0,09%)
     
  • FTSE

    7.090,01
    +27,72 (+0,39%)
     
  • HANG SENG

    28.309,76
    -179,24 (-0,63%)
     
  • NIKKEI

    28.884,13
    +873,20 (+3,12%)
     
  • NASDAQ

    14.212,75
    +82,75 (+0,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9575
    -0,0178 (-0,30%)
     

EUA propõem quebra de patentes de vacinas contra COVID-19; o que isso significa?

·2 minuto de leitura

Nesta quarta-feira (5), o governo dos Estados Unidos anunciou o apoio à quebra de patentes de vacinas contra a COVID-19. É o que alguns países, liderados pela África do Sul e pela Índia, propunham na Organização Mundial do Comércio (OMC). Caso aprovada, a suspensão deve aumentar da produção de imunizantes contra o coronavírus SARS-CoV-2, principalmente nos países em desenvolvimento.

“Esta é uma crise de saúde global e as circunstâncias extraordinárias da pandemia da COVID-19 exigem medidas extraordinárias. O governo acredita fortemente nas proteções à propriedade intelectual, mas, a serviço do fim desta pandemia, apoia a dispensa dessas proteções para as vacinas contra a COVID-19”, afirmou Katherine Tai, chefe da agência para comércio exterior do governo norte-americano, em nota.

“Como nosso suprimento de vacina para o povo americano está garantido, o governo continuará a intensificar seus esforços — trabalhando com o setor privado e todos os parceiros possíveis — para expandir a fabricação e distribuição de vacinas. Também trabalhará para aumentar as matérias-primas necessárias para produzir essas vacinas”, completou Tai.

Estados Unidos apoiam suspensão de patentes de vacinas contra a COVID-19 (Imagem: Reprodução/Photocreo/Envato Elements)
Estados Unidos apoiam suspensão de patentes de vacinas contra a COVID-19 (Imagem: Reprodução/Photocreo/Envato Elements)

Quebra de patentes das vacinas contra COVID-19

O novo parecer dos EUA sobre flexibilização das patentes de vacinas contra a COVID-19 aconteceu após as últimas discussões sobre a suspensões a direitos de propriedade intelectual entre os países-membros da OMC. Agora, os países desenvolvem um novo plano que considera a suspensão das patentes e que deve ser discutido nas próximas semanas.

Vale lembrar que a decisão ocorre no momento em que as infecções por coronavírus registram recordes em países que têm dificuldade para adquirir ou distribuir vacinas contra a COVID-19, como a Índia. Caso aprovado, o projeto deve beneficiar também o Brasil, onde menos de 10% da população já recebeu a segunda dose de uma imunizante.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos