Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.880,21
    -260,75 (-0,60%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

EUA planeja abrir suas fronteiras para estrangeiros vacinados

·1 minuto de leitura
EUA planejam reabrir fronteiras

Os Estados Unidos, que fecharam suas fronteiras para grande parte do mundo devido à pandemia, planejam admitir a entrada de estrangeiros totalmente vacinados contra a covid-19, informou um funcionário da Casa Branca nesta quarta-feira(4).

O governo do presidente Joe Biden, reconhecendo a importância das viagens internacionais, quer uma reabertura para estrangeiros "de forma segura e sustentável", disse a fonte.

Washington está analisando "um processo em etapas que, com o tempo e algumas exceções, fará com que os estrangeiros viajem aos Estados Unidos totalmente vacinados", afirmou a fonte sem especificar prazos.

Washington determinou em 26 de julho que manteria restrições às chegadas de estrangeiros, deixando de lado os pedidos europeus.

Uma equipe está desenvolvendo um novo sistema "consistente e seguro" para as chegadas do exterior, disse a fonte, "para quando pudermos retomar as viagens".

Os Estados Unidos restringiram chegadas de pessoas da União Europeia, Reino Unido, China e Irã por mais de um ano devido à pandemia.

A esses países, Washington acrescentou outros, incluindo Brasil e Índia.

A União Europeia reabriu para viajantes dos Estados Unidos em junho, exigindo certificados de vacinação ou exames negativos.

A medida atende a países altamente dependentes do turismo, como Grécia, Espanha e Itália, que temem mais um ano de dificuldades.

aue/bfm/ft/gm/dga/jc

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos