Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.909,03
    -129,08 (-0,11%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.867,15
    +618,13 (+1,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,93
    +0,01 (+0,02%)
     
  • OURO

    1.835,80
    -1,80 (-0,10%)
     
  • BTC-USD

    55.722,00
    -2.391,12 (-4,11%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.471,88
    -89,41 (-5,73%)
     
  • S&P500

    4.188,43
    -44,17 (-1,04%)
     
  • DOW JONES

    34.742,82
    -34,94 (-0,10%)
     
  • FTSE

    7.123,68
    -6,03 (-0,08%)
     
  • HANG SENG

    28.595,66
    -14,99 (-0,05%)
     
  • NIKKEI

    29.207,51
    -310,83 (-1,05%)
     
  • NASDAQ

    13.341,00
    -15,75 (-0,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3614
    +0,0212 (+0,33%)
     

EUA: FDA deve autorizar vacina contra Covid-19 para adolescentes

Karol Albuquerque
·2 minuto de leitura
EUA: FDA deve autorizar vacina contra Covid-19 para adolescentes
EUA: FDA deve autorizar vacina contra Covid-19 para adolescentes

A vacina contra a Covid-19 já foi aplicada em mais de 43% da população dos Estados Unidos, com 30% das pessoa já totalmente imunizadas. As injeções são aplicadas em pessoas a partir dos 16 anos de idade, e essa faixa está prestes a aumentar. A Administração de Alimentos e Medicamentos (FDA, na sigla em inglês) deve autorizar o uso dos imunizantes da Pfizer em adolescentes entre 12 e 15 anos na próxima semana.

Essa vacina contra o coronavírus é feita em parceria com a alemã BioNTech. No final de março, a Pfizer havia anunciado os resultados dos testes em adolescentes, mostrando que o imunizante é tão eficiente nessa faixa etária quanto em adultos.

Leia mais:

Em abril, a diretora do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, sigla em inglês), Rochelle Walensky, havia antecipado que a vacina nos adolescentes entre 12 e 15 anos poderia ser aprovada na metade do mês de maio. Se liberada, o painel de consultores do CDC vai ser reunir no dia seguinte, para revisar os dados dos testes clínicos e fazer as recomendações para uso.

De acordo com o jornal New York Times, a autorização foi confirmada por funcionários federais que está a par dos planos da FDA e pode chegar, inclusive, no fim dessa semana. A liberação será feita através de uma emenda à autorização que a vacina da Pfizer recebeu para uso emergência.

criança chinesa
O imunizante da Pfizer apresentou bons resultados nos adolescentes entre 12 e 15 anos em testes clínicos. Imagem: Hung Chung (iStock)

Já à Reuters, a FDA disse apenas que a revisão da expansão da autorização do uso de emergência da vacina está em andamento. A agência federal norte-americana, porém, não deu muitos detalhes sobre o assunto. A Pfizer não comentou.

A Moderna e a Johnson & Johnson realizam testes de suas vacinas contra a Covid-19 em adolescentes com idades entre 12 e 18 anos. Os resultados da primeira devem sair logo, de acordo com a Reuters, mas sem data especificada.

A Pfizer, assim como a Moderna, iniciaram testes em crianças dos seis meses aos 11 anos de idade. As duas empresas esperam vacinar esse grupo etário no começo do ano de 2022.

Nos Estados Unidos, a pandemia da Covid-19 matou 577.491 pessoas, de acordo com dados da John Hopkins University & Medicine. Mais de 3,2 milhões de pessoas contraíram a doença no país.

Via: Reuters / New York Times