Mercado fechado
  • BOVESPA

    109.075,86
    +1.062,39 (+0,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.526,92
    -296,31 (-0,56%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,29
    -0,67 (-0,77%)
     
  • OURO

    1.838,60
    -4,60 (-0,25%)
     
  • BTC-USD

    42.651,38
    +889,19 (+2,13%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.012,71
    +17,45 (+1,75%)
     
  • S&P500

    4.482,73
    -50,03 (-1,10%)
     
  • DOW JONES

    34.715,39
    -313,26 (-0,89%)
     
  • FTSE

    7.585,01
    -4,65 (-0,06%)
     
  • HANG SENG

    24.952,35
    +824,50 (+3,42%)
     
  • NIKKEI

    27.772,93
    +305,70 (+1,11%)
     
  • NASDAQ

    14.794,25
    -239,25 (-1,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1385
    -0,0289 (-0,47%)
     

EUA e Japão reafirmam colaboração no Indo-Pacífico e além

·1 min de leitura
Ministro das Finanças do Japão, Shunichi Suzuki, em Tóquio

Por Tetsushi Kajimoto

TÓQUIO (Reuters) - A secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, reafirmou nesta terça-feira a importância da cooperação entre seu país e o Japão em uma gama de prioridades comuns no Indo-Pacífico e em todo o mundo em suas primeiras conversas telefônicas com o ministro das Finanças japonês, Shunichi Suzuki.

As conversas breves ocorreram no momento em que os EUA buscam fortalecer os laços com o Japão e outras potências regionais para manter a paz e a estabilidade na região do Indo-Pacífico de forma a conter a China tendo em vista riscos geopolíticos como a situação de Taiwan.

"(Yellen) saudou a colaboração contínua entre os Estados Unidos e o Japão em uma variedade de prioridades comuns no Indo-Pacífico e globalmente", disse o Tesouro norte-americano em um comunicado emitido uma hora depois dos telefonemas.

"A secretária espera continuar a fortalecer o relacionamento bilateral e trabalhar estreitamente com o Japão para fomentar interesses comuns, como apoiar uma recuperação de base ampla e durável da pandemia."

Suzuki disse aos repórteres nesta terça-feira que os dois lados debateram a importância da coordenação bilateral para lidar com temas mundiais, como a implantação de um acordo tributário global e o combate ao ressurgimento da pandemia em vista do surgimento da variante ômicron.

As duas autoridades não trocaram opiniões sobre moedas, disse Suzuki, mas acrescentou que Yellen mencionou a inflação ao debater a economia dos EUA.

(Reportagem adicional de Takaya Yamaguchi)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos