Mercado fechado

EUA e Israel estão anos à frente de Europa em ritmo de vacinação

Tim Loh
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Os Estados Unidos estão dentro do prazo para vacinar 75% da população contra a Covid-19 neste ano, enquanto o Canadá precisaria de quase uma década para atingir esse nível de cobertura, segundo o rastreador de vacinas Covid-19 da Bloomberg.

A ampla diferença nas trajetórias mostra a desigualdade entre os países no início da maior campanha de vacinação em massa da história. Reino Unido e Israel também estão em vias de administrar um regime de vacinas de duas doses a 75% da população neste ano - alcançando uma estimativa aproximada de quando a imunidade coletiva seria efetiva -, enquanto grande parte da Europa precisaria de alguns anos para atingir esse objetivo.

Embora, no geral, os EUA mostrem um desempenho relativamente bom em comparação com outros países, o quadro varia de acordo com o estado. O Havaí deve atingir a cobertura necessária neste ano, enquanto Nova York alcançaria a meta em meados de 2022.

Essas projeções fazem parte do novo recurso do rastreador e se baseiam nas taxas médias de vacinação diárias em diferentes países e estados dos EUA. A função será atualizada diariamente e foi projetada para oferecer um quadro em evolução da rapidez das campanhas de vacinação.

A imunidade de rebanho ocorre quando um número suficiente de pessoas tem resistência a um vírus, seja por vacinação ou anticorpos de uma infecção anterior, de modo que o patógeno perde força para se propagar.

É um conceito complicado, e especialistas discordam sobre a rapidez com que isso será alcançado em uma escala regional, nacional ou global, especialmente diante das variantes do coronavírus e questões sobre o período de proteção oferecido pelas vacinas contra a Covid. O ritmo das vacinações também deve acelerar consideravelmente no mundo todo com a aprovação de mais imunizantes e aumento da produção.

Por enquanto, mais de 108 milhões de doses já foram administradas globalmente em ritmo mais rápido ou mais lento, dependendo do país.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.