Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.941,68
    -160,32 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.599,38
    -909,02 (-1,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    85,87
    +0,73 (+0,86%)
     
  • OURO

    1.833,30
    +1,50 (+0,08%)
     
  • BTC-USD

    35.927,54
    +502,39 (+1,42%)
     
  • CMC Crypto 200

    830,86
    +588,18 (+242,37%)
     
  • S&P500

    4.397,94
    -84,79 (-1,89%)
     
  • DOW JONES

    34.265,37
    -450,03 (-1,30%)
     
  • FTSE

    7.494,13
    -90,88 (-1,20%)
     
  • HANG SENG

    24.965,55
    0,00 (0,00%)
     
  • NIKKEI

    27.314,98
    -207,28 (-0,75%)
     
  • NASDAQ

    14.560,00
    +133,50 (+0,93%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1800
    -0,0100 (-0,16%)
     

EUA continuará pressionando por acordo na OMC sobre vacinas de Covid, diz representante comercial

·1 min de leitura

Por David Lawder

WASHINGTON (Reuters) - A representante comercial dos Estados Unidos, Katherine Tai, disse que os Estados Unidos continuarão a pressionar para que os membros da Organização Mundial do Comércio (OMC) cheguem a um acordo sobre uma estrutura de propriedade intelectual para as vacinas de Covid-19 depois que uma grande reunião da entidade marcada para a próxima semana foi adiada na sexta-feira.

O atraso da reunião em Genebra por conta das restrições de viagens e preocupações sobre a disseminação da nova variante ômicron de coronavírus complica os planos de Tai de promover sua visão de reforma da OMC.

Em um par de tuítes, Tai disse que o adiamento "é um lembrete de que ainda temos muito trabalho a fazer para acabar com a pandemia".

A diretora-geral da OMC, Ngozi Okonjo-Iweala, disse que deseja que as negociações continuem, apesar de não haver encontros presenciais, enquanto as delegações dos países sediadas em Genebra devem ter autonomia para chegar a acordos, especialmente sobre vacinas.

Tai disse recentemente a repórteres que a OMC, que foi estabelecida para regular e facilitar o comércio internacional, não pode retornar ao seu status quo e precisa de uma nova visão e energia para se manter relevante em uma economia global em rápida mudança.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos