Mercado fechado

EUA confirma segundo caso de coronavírus e 50 suspeitos

(Arquivo) Vista de Chicago

Uma sexagenária que voltou de Wuhan em 13 de janeiro e vive em Chicago está infectada com o coronavírus chinês, disseram autoridades sanitárias americanas, que relataram que este é o segundo caso confirmado no país e que há mais 50 casos sob investigação.

Hospitalizada para evitar a disseminação, "ela está clinicamente estável", disse Allison Arwady, chefe de saúde pública de Chicago, em entrevista coletiva.

A diretora do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), Nancy Messonnier, relatou que, além dos dois casos confirmados, 11 pessoas avaliadas no país receberam diagnóstico negativo e outros 50 pacientes estão em análise.