Mercado abrirá em 19 mins

EUA: Confiança do consumidor sobe a 98,1 pontos em junho, acima do esperado

Victor Rezende

Economistas projetavam alta do índice do Conference Board a 91,0 O índice de confiança do consumidor dos Estados Unidos subiu de 85,9 pontos em maio para 98,1 pontos em junho, informou nesta terça-feira o Conference Board. O resultado ficou acima do esperado pelos agentes do mercado, que projetavam alta menor do indicador, para 91,0 pontos.

Jeenah Moon/Bloomberg

O índice de situação atual, que se baseia no sentimento dos consumidores quanto aos negócios e às condições de mercado no presente, avançou de 68,4 pontos no mês passado para 86,2 agora. O índice de expectativas, que é baseado na perspectiva dos consumidores para as condições futuras dos negócios e do mercado de trabalho, avançou de 97,6 em maio para 106,0 em junho.

“A confiança do consumidor se recuperou parcialmente em junho, mas permanece bem abaixo dos níveis pré-pandemia”, diz a diretora sênior de indicadores econômicos do Conference Board, Lynn Franco.

Para ela, a reabertura da economia e a desaceleração dos pedidos de seguro-desemprego ajudaram a melhorar a avaliação das condições atuais pelos consumdiores, embora o índice sugira que as condições econômicas permanecem fracas.

Lynn observa que, em relação às expectativas, os consumidores também são menos pessimistas no curto prazo. No entanto, para ela, “diante de um caminho incerto e desigual para a recuperação e um potencial ressurgimento da covid-19, é muito cedo para dizer que os consumdiores viraram a página e estão prontos para começar a gastar em níveis pré-pandêmicos”.