Mercado abrirá em 1 h 40 min
  • BOVESPA

    100.552,44
    +12,44 (+0,01%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.669,25
    +467,45 (+1,22%)
     
  • PETROLEO CRU

    40,14
    +0,11 (+0,27%)
     
  • OURO

    1.919,00
    -10,50 (-0,54%)
     
  • BTC-USD

    12.887,82
    +1.830,81 (+16,56%)
     
  • CMC Crypto 200

    258,37
    +13,48 (+5,51%)
     
  • S&P500

    3.435,56
    -7,56 (-0,22%)
     
  • DOW JONES

    28.210,82
    -97,98 (-0,35%)
     
  • FTSE

    5.752,00
    -24,50 (-0,42%)
     
  • HANG SENG

    24.786,13
    +31,71 (+0,13%)
     
  • NIKKEI

    23.474,27
    -92,73 (-0,39%)
     
  • NASDAQ

    11.640,75
    -50,50 (-0,43%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6413
    -0,0087 (-0,13%)
     

EUA agirão "rápida e frequentemente" em caso de problemas em acordo com Canadá e México, diz Lighthizer

·1 minuto de leitura

WASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos tomarão medidas "rápida e frequentemente" para contestar violações do novo acordo comercial entre EUA, México e Canadá (USMCA, na sigla em inglês), uma vez que entre em vigor em 1º de julho, afirmou o representante comercial norte-americano, Robert Lighthizer, a parlamentares nesta quarta-feira.

Lighthizer disse que os Estados Unidos planejam iniciar consultas com o México sobre o fracasso em aprovar produtos biotecnológicos dos Estados Unidos nos últimos dois anos e provavelmente terão de acionar o mecanismo de disputa Estado a Estado para resolver a questão.

Ele disse que os Estados Unidos também monitorarão de perto a implementação pelo Canadá das provisões do acordo sobre as vendas de laticínios dos Estados Unidos e abrirão um processo contra o Canadá se os agricultores norte-americanos não receberem todos os benefícios do acordo comercial.

(Reportagem de Andrea Shalal)