Mercado abrirá em 4 h 42 min
  • BOVESPA

    107.378,92
    +1.336,45 (+1,26%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.267,20
    +362,14 (+0,86%)
     
  • PETROLEO CRU

    43,63
    +0,57 (+1,32%)
     
  • OURO

    1.826,50
    -11,30 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    18.375,72
    +43,21 (+0,24%)
     
  • CMC Crypto 200

    368,14
    +6,71 (+1,86%)
     
  • S&P500

    3.577,59
    +20,05 (+0,56%)
     
  • DOW JONES

    29.591,27
    +327,79 (+1,12%)
     
  • FTSE

    6.333,84
    -17,61 (-0,28%)
     
  • HANG SENG

    26.516,91
    +30,71 (+0,12%)
     
  • NIKKEI

    26.165,59
    +638,22 (+2,50%)
     
  • NASDAQ

    11.968,50
    +63,25 (+0,53%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4476
    +0,0073 (+0,11%)
     

EUA abrem 6,5 mil novos restaurantes em setembro apesar de Covid

Alexandre Tanzi
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Apesar da pandemia, novos restaurantes continuaram a abrir neste ano em ritmo relativamente rápido nos Estados Unidos, segundo dados divulgados na quinta-feira.

A taxa de aberturas recentes está acima de 2018, 2017 e 2016, de acordo com dados compilados pelo Yelp, que faz reservas online para restaurantes e publica avaliações sobre as empresas.

Em setembro, o número de novos restaurantes em todo o país ficou apenas 100 unidades abaixo do mesmo período um ano antes, segundo o Yelp. Além disso, as inaugurações de restaurantes no último trimestre caíram apenas 10% em relação ao terceiro trimestre de 2019.

Após a forte queda em abril, os restaurantes começaram a se recuperar com aumento mensal de 29% de aberturas de maio a julho, disse o Yelp. Agosto e setembro foram relativamente estáveis, porém, mais de 6 mil novos restaurantes foram abertos em cada um desses meses, de acordo com o relatório.

Além de restaurantes, mais mercados de frutos do mar e de produtores, bem como os chamados food trucks, foram abertos neste ano, disse a Yelp.

As inaugurações recentes de restaurantes são “otimizadas para a pandemia”, com mais espaço ao ar livre, menos densidade de mesas e projetados para a eficiência, de acordo com o relatório. As buscas de consumidores por mesas ao ar livre multiplicaram por cinco no último trimestre em relação ao mesmo período de 2019, disse o Yelp.

Embora as refeições ao ar livre tenham ajudado restaurantes durante os meses de calor e muitos locais estejam instalando sistemas de aquecimento com a chegada do clima frio, ainda não se sabe como os negócios se adaptarão durante o inverno no hemisfério norte.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.