Mercado abrirá em 5 h 59 min
  • BOVESPA

    117.560,83
    +362,83 (+0,31%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.326,68
    +480,88 (+1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,21
    -0,24 (-0,27%)
     
  • OURO

    1.717,40
    -3,40 (-0,20%)
     
  • BTC-USD

    19.868,14
    -340,41 (-1,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    452,49
    -10,64 (-2,30%)
     
  • S&P500

    3.744,52
    -38,76 (-1,02%)
     
  • DOW JONES

    29.926,94
    -346,96 (-1,15%)
     
  • FTSE

    6.997,27
    0,00 (0,00%)
     
  • HANG SENG

    17.773,07
    -239,08 (-1,33%)
     
  • NIKKEI

    27.116,11
    -195,19 (-0,71%)
     
  • NASDAQ

    11.475,50
    -66,25 (-0,57%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,0860
    -0,0275 (-0,54%)
     

"Eu sou borracha, eles são cola", diz Musk sobre Twitter

Elon Musk e Twitter se envolvem em batalha judicial após acordo de compra da rede social ir por água abaixo (Evan Agostini/Invision/AP/File)
Elon Musk e Twitter se envolvem em batalha judicial após acordo de compra da rede social ir por água abaixo (Evan Agostini/Invision/AP/File)
  • Expressão é muito utilizada por crianças para rebater argumentos;

  • Fala veio como resposta após Twitter culpar Musk por perda de 1% em sua receita de anúncios;

  • Ambos se encontram em meio a uma batalha judicial sobre a aquisição da rede social.

Após o Twitter responsabilizar Elon Musk pela perda de receita com publicidade neste último trimestre, Elon Musk respondeu em seu perfil na rede social que "eu sou borracha, eles são cola".

A expressão idiomática é tipicamente utilizada por crianças, e se refere ao fato de que objetos jogados contra uma superfície de borracha tendem a quicar para longe, enquanto se a superfície está com cola, o objeto vai ficar preso nela. Com isso, Musk quis se dizer impassível perante as críticas da plataforma de rede social.

Mais cedo, nesta sexta-feira (22), o Twitter divulgou seus resultados financeiros trimestrais, onde reportou a diminuição de 1% em sua receita. No documento, a empresa justificou a queda como “refletindo os ventos contrários da indústria de publicidade associados ao macroambiente, bem como a incerteza relacionada à aquisição pendente do Twitter por uma afiliada de Elon Musk”.

Twitter e Elon Musk criam histórico de disputas públicas

A briga entre as duas figuras pelo visto não está perto de acabar. Durante anos o bilionário criticou a plataforma em seu próprio perfil na rede, afirmando ser contrário a muitas das políticas e medidas aplicadas pelo Twitter.

Porém no início do ano, Musk decidiu comprar ações da empresa suficientes para se tornar membro do Conselho Administrativo, em pouco tempo a ideia cresceu na cabeça do bilionário, que decidiu comprar a rede social inteiramente.

Após uma oferta de US$ 44 bilhões, na época cerca de R$ 215 bilhões, ambos chegaram a um acordo de venda. No entanto, com o passar dos meses de preparação, as ações tanto do Twitter, quanto das empresas de Musk, caíram de valor no mercado, em meio a uma crise no setor de tecnologia como um todo.

Talvez por conta disto, como alega o Twitter, ou talvez por conta de problemas nos relatórios do número de contas bots na rede social, como afirma Musk, o bilionário desistiu do acordo. Desde então ambos estão em uma batalha judicial para que Musk complete a compra, ou pague a multa estipulada no contrato de US$ 1 bilhão.