Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    35.594,34
    +39,81 (+0,11%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.017,75
    -138,50 (-0,98%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Ethereum faz ações de empresa de móveis dispararem 200% por engano

·2 minuto de leitura

As ações da Ethan Allen, rede de móveis norte-americana, têm tido uma grande valorização nos últimos meses. O motivo, no entanto, teria ligação com a Ethereum (ETH).

As ações da empresa valorizaram aproximadamente 200% durante o ano de 2020, e já tem tido uma alta acima de 50% durante este ano. Ainda que a empresa tenha visto um crescimento de receitas durante a pandemia, o principal motivo para explicar a grande subida das suas ações pode estar atrelado à segunda maior criptomoeda do mundo por valor de mercado.

Apesar de a Ethan Allen não possuir nenhuma correlação com a Ethereum, elas possuem algo em comum: são definidas no mercado pela sigla ETH. Isso ajuda a entender como o forte crescimento da criptomoeda, que valorizou mais de 1.600% nos últimos 12 meses, ajudou na alta das ações da empresa de móveis.

O volume de mensagens e menções à moeda em um fórum sobre a Ethan Allen no StockTwits ajudam a entender a por que a relação com a Ethereum estaria por trás da alta das ações da empresa americana.

Houve um aumento de 300% dessas menções no início do mês de maio, mesmo período em que a Ethereum estava atingindo novas máximas históricas de preço.

Casos como esse mostram como traders podem errar ao tentar correr para aproveitar a euforia do mercado para lucrar com operações rápidas. As apostas, no entanto, podem dar errado com uma simples confusão de siglas.

Após a situação específica da Ethan Allen vir à tona, o preço corrigiu e acumula perdas de quase 4% na bolsa de Nova York nos últimos dias, para US$ 29,92.

Confusões do tipo viraram comuns entre ações e criptomoedas

Não é a primeira vez que investidores compram ações de uma empresa por engano. Episódios similares já aconteceram pelo menos duas vezes recentemente, em ambos os casos envolvendo declarações de Elon Musk.

Em janeiro, as ações da Signal Advance, que desenvolve sensores para a indústria e setor médico, tiveram uma alta de mais de 11.000% após Musk tuitar “use Signal”. Entretanto, ele estava se referindo ao aplicativo de mensagens Signal, que não é listado em bolsa.

No mês seguinte, tuítes do bilionário sobre o aplicativo Clubhouse geraram uma alta de 83% nas ações da Clubhouse Media Group, empresa da área da saúde. Novamente, não havia nenhuma correlação entre a empresa e o aplicativo.

Um dos catalisadores de movimentos como esse é a popularidade nos EUA do aplicativo de trade Robinhood, que oferece negociações tanto de frações de ações como de criptomoedas.

O artigo Ethereum faz ações de empresa de móveis dispararem 200% por engano foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos