Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.923,93
    +998,33 (+0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,18 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,34
    -0,88 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.797,30
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    17.029,46
    +3,80 (+0,02%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,87 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.979,00
    -83,75 (-0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4940
    +0,0286 (+0,52%)
     

ETF alavancado contra tech recebe aposta recorde de US$ 658 mi

(Bloomberg) -- Operadores de ETFs acabam de fazer uma aposta recorde contra a recuperação das ações de tecnologia.

Enquanto o Nasdaq 100 disparava no final da semana passada, cerca de US$ 658 milhões foram canalizados para o fundo negociado em bolsa ProShares UltraPro Short QQQ. Foi o maior ingresso de todos os tempos para o produto que promete três vezes o desempenho inverso do índice de referência das gigantes tech.

A entrada veio na quinta-feira, quando o Nasdaq teve seu maior salto em mais de dois anos, impulsionado por esperanças de que dados de inflação mais brandos do que o esperado nos EUA levarão o Federal Reserve a diminuir o ritmo de aperto monetário.

Ao mesmo tempo em que o dinheiro fluía para o fundo de posições vendidas, os investidores sacaram US$ 256 milhões de seu correspondente comprado, o ProShares UltraPro QQQ. Foi o maior resgate líquido desde janeiro, segundo dados compilados pela Bloomberg.

Embora o indicador tenha avançado novamente na sexta-feira, o fluxo para o UltraPro Short QQQ representa uma aposta considerável de que o rali de tecnologia será passageiro, já que o ETF foi projetado para funcionar em um prazo ultracurto.

“Ferramentas como o QQQ foram projetadas para grandes movimentos como os que temos visto, onde os investidores — e, talvez mais importante do que isso, os fundos alavancados — querem assumir posições fortes contra grandes movimentos”, disse Dave Nadig, analista do provedor de dados VettaFi. Grandes players provavelmente estão usando o ETF para “exposição inversa rápida para expressar sua falta de fé no rali”, disse ele.

Os ingressos impulsionaram os ativos do UltraPro Short QQQ para cerca de US$ 3,6 bilhões, mais que o dobro de seu nível no início de 2022.

Enquanto isso, o Invesco QQQ Trust Series 1, que acompanha o Nasdaq 100, recebeu US$ 1,9 bilhão na quinta-feira. Seus ativos agora totalizam US$ 162 bilhões, abaixo dos US$ 218 bilhões no início do ano, graças à queda das ações de crescimento induzida pela alta de juros.

Os acordos de liquidação para o UltraPro QQQ e UltraPro Short QQQ fazem com que os dados de fluxo cheguem com um dia de atraso.

More stories like this are available on bloomberg.com

©2022 Bloomberg L.P.