Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,09 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +21,40 (+1,22%)
     
  • BTC-USD

    49.228,71
    +2.590,42 (+5,55%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,71 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

Eternos teria sido banido de países do Oriente Médio por beijo gay, diz site

·2 min de leitura

Apesar de toda a empolgação dos fãs em torno da estreia de Eternos neste fim de semana em todo o mundo, o novo filme do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU, na sigla em inglês) não terá um lançamento global completo e os personagens divinos do estúdio devem ficar de fora de alguns países do Oriente Médio. Isso porque países como Arábia Saudita, Qatar e Kuwait decidiram não liberar a exibição do longa em seus territórios.

A razão para a proibição não foi revelada, mas fontes ligadas à Walt Disney Company informaram ao site The Hollywood Reporter que o impasse se deu por causa do personagem Phastos (Brian Tyree Henry), que é retratado como homossexual na trama. Há uma cena em que os heróis vão até sua casa e visitam sua família, com direito ao primeiro beijo gay do MCU, o que viola leis locais.

A homossexualidade é ilegal em boa parte dos países do Golfo Pérsico, o que faz com que filmes que tenham conteúdo relacionado à temática tenham que fazer adaptações e cortes para se adequar à censura local. Assim, produções que não conseguem ou que não querem retirar os trechos ficam proibidas de estrearem nesses países — como aconteceu com a animação da Pixar Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica por causa de um diálogo que fazia referência a um relacionamento lésbico.

Mesmo não sendo o protagonista do filme, Phastos já é o eterno que mais vem causando em todo o mundo (Imagem: Divulgação/Marvel Studios)
Mesmo não sendo o protagonista do filme, Phastos já é o eterno que mais vem causando em todo o mundo (Imagem: Divulgação/Marvel Studios)

No caso de Eternos, a fonte afirma que a Disney decidiu não cortar a cena envolvendo a família de Phastos e que, por isso, o longa foi censurado. Assim, a estreia, prevista para o próximo dia 11 de novembro, foi suspensa e os sites de venda de ingresso simplesmente retiraram a produção de suas páginas.

A única exceção ficou com os Emirados Árabes Unidos, cujos sites de venda ainda colocam o filme marcado com lançamento para breve. Não fica claro, contudo, se eles vão aceitar a decisão da Disney ou se a empresa responsável pela página ainda não fez a remoção.

Vale destacar que a polêmica envolvendo Phastos não se restringe apenas aos países do Oriente Médio e que o herói também foi o pivô de controvérsias por causa da cena com a sua família também nos Estados Unidos. Antes mesmo da estreia do filme, fãs conservadores bombardearam o site do IMDb com críticas negativas por causa do beijo que o personagem dá em seu marido antes de sair para salvar o mundo. A cena tem apenas dois segundos, mas foi o bastante para revoltar parte do público que ainda não tinha assistido ao longa, o que forçou o IMDb a excluir as críticas e impedir a publicação de novas resenhas pelo público até este fim de semana.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos