Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.910,10
    -701,55 (-0,62%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.661,86
    +195,84 (+0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,29
    +0,68 (+0,79%)
     
  • OURO

    1.792,30
    -2,70 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    37.820,04
    +910,04 (+2,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    863,83
    +21,37 (+2,54%)
     
  • S&P500

    4.431,85
    +105,34 (+2,43%)
     
  • DOW JONES

    34.725,47
    +564,69 (+1,65%)
     
  • FTSE

    7.466,07
    -88,24 (-1,17%)
     
  • HANG SENG

    23.550,08
    -256,92 (-1,08%)
     
  • NIKKEI

    26.717,34
    +547,04 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    14.430,25
    +443,50 (+3,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9813
    -0,0427 (-0,71%)
     

Estudo revela que múmia estava grávida; veja imagens do feto de 2 mil anos

·1 min de leitura

Especialistas acreditavam que uma múmia de 2 mil anos conservada no Museu Nacional de Varsóvia era um padre egípcio chamado Hor-Djehuti, mas um estudo publicado na última quinta (30) na revista científica Journal of Archaeological Sciencena revela que na verdade era uma mulher, e estava grávida! O feto egípcio estava preservado em um processo raro, que envolve uma série de substâncias.

No estudo, Ożarek-Szilke, diretor do Warsaw Mummy Project, explicou que a múmia foi coberta com natrão, uma mistura natural de carbonato de sódio decahidratado e bicarbonato de sódio, junto com pequenas quantidades de cloreto de sódio e sulfato de sódio. Segundo o artigo, o feto permaneceu no útero, onde o pH foi alterado por processos químicos relacionados à decomposição, que formaram ácido fórmico e outros compostos.

O pesquisador ressalta que a mudança do ambiente alcalino para ácido causou a descalcificação dos ossos, mas os tecidos moles do feto continuaram preservados. Os arqueólogos pretendem publicar mais artigos sobre a múmia grávida.

“Depois que uma pessoa morre, o ácido fórmico começa a ser liberado no sangue e o ambiente no corpo do falecido torna-se ácido. Um fenômeno semelhante ocorreu no ventre da senhora misteriosa. Mais tarde, quando o corpo da mãe foi embalsamado, o útero e o feto secaram”, afirmam os autores do estudo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos