Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,63 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,59 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,96
    -0,65 (-0,90%)
     
  • OURO

    1.753,90
    -2,80 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    47.443,00
    -868,39 (-1,80%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.193,48
    -32,05 (-2,61%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,42 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,96 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,75 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.282,75
    -226,75 (-1,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1994
    +0,0146 (+0,24%)
     

Pirataria impulsiona inovação nas empresa, afirma estudo

·1 minuto de leitura
Estudo conclui que a pirataria de software online contribui no impulso de inovar nas empresas. Foto: GettyImages
Estudo conclui que a pirataria de software online contribui no impulso de inovar nas empresas. Foto: GettyImages
  • Estudo afirma que pirataria contribui para inovação das empresas de software;

  • A pesquisa conclui que não há diminuição de produções culturais por causa da prática;

  • O material aponta que, com aumento de 10% na pirataria, empresas se desenvolvem em inovações internas.

A US Patent and Trademark Office (USPTO) publicou um estudo afirmando que a pirataria de software online impulsiona inovações nas empresas. Segundo o conteúdo, o uso ilegal faz com que as companhias invistam mais em pesquisa e desenvolvimento.

Leia também

O estudo aponta que a quantidade de novos filmes e produções musicais não diminui por causa da pirataria. Wendy Bradley, professora assistente da Cox School of Bussiness, e Julian Kolev, economista do USPTO, são responsáveis pela pesquisa.

O texto associa o “choque de pirataria” ao lançamento do BitTorrent, 20 anos atrás. A funcionalidade e a facilidade do software em compartilhar arquivos ampliou a disseminação ilegal, o que o tornou ideal como medidor dos efeitos da prática.

O estudo demonstra que, tendo-se um crescimento de 10% na pirataria, as despesas em pesquisa e desenvolvimento proporcionam um crescimento de 2,8% nas empresas. Portanto, há um forte aumento em inovação após o abalo da pirataria. As empresas também acabam por mudar suas estratégias de propriedade intelectual, buscando um portfólio diversificado.

Contudo, a pesquisa não cita inovações específicas relacionadas a companhias de softwares como Microsoft e Adobe, onde a pirataria se apresenta mais forte.

As informações são do TecMundo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos