Mercado abrirá em 7 h 46 min
  • BOVESPA

    116.230,12
    +95,66 (+0,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.046,58
    +616,83 (+1,36%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,21
    -0,31 (-0,36%)
     
  • OURO

    1.728,60
    -1,90 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    20.138,92
    +533,91 (+2,72%)
     
  • CMC Crypto 200

    457,00
    +11,57 (+2,60%)
     
  • S&P500

    3.790,93
    +112,50 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    30.316,32
    +825,43 (+2,80%)
     
  • FTSE

    7.086,46
    +177,70 (+2,57%)
     
  • HANG SENG

    18.013,24
    +933,73 (+5,47%)
     
  • NIKKEI

    27.098,77
    +106,56 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    11.576,50
    -64,25 (-0,55%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1515
    -0,0164 (-0,32%)
     

Estudo mostra como o cérebro encontra concentração

Manter o foco, para muita gente, é uma tarefa difícil, mas como o cérebro encontra concentração para resolver determinada tarefa? Foi com essa pergunta em mente que um grupo de pesquisadores conduziu um artigo publicado na revista Scientific Reports.

Conforme apontam os pesquisadores, os neurônios do córtex pré-frontal precisam trabalhar juntos em sincronia para focar nossos pensamentos. Existe um ponto muito importante nisso que é a variabilidade da atividade dos neurônios. Acontece que essa atividade diminui quando o cérebro se concentra durante atividades que envolvem o uso da memória.

No estudo, a equipe mediu picos neurais individuais entre centenas de neurônios durante essas atividades relacionadas a memória. Eles também analisaram o quanto essa atividade variou de teste para teste.

À medida que os animais participantes avançavam em cada tarefa, as taxas de pico neurais mostraram diferenças claras. Em cada tarefa, eles descobriram que a variabilidade era maior antes do início das atividades. “À medida que nos concentramos em uma tarefa específica, os eventos relacionados a outros segmentos cognitivos se acalmam. Como resultado, o pico de um único neurônio se torna mais ditado por essa tarefa em particular", apontam os pesquisadores.

Estudo mostra como o cérebro encontra concentração para realizar determindas tarefas relacionadas a memória (Imagem: cookelma/envato)
Estudo mostra como o cérebro encontra concentração para realizar determindas tarefas relacionadas a memória (Imagem: cookelma/envato)

De acordo com o estudo, as áreas do córtex pré-frontal onde picos representavam informações de tarefas mostraram diminuições muito mais notáveis na variabilidade do que áreas que não representavam informações de tarefas.

Anteriormente, estudos chegaram a apontar que neurônios específicos do córtex auditivo se acendem quando ouvimos alguém cantar. Na prática, os neurônios de áreas visuais e motoras são usados ​​para melhorar a conectividade entre duas áreas-chave do cérebro: o córtex cingulado anterior (associado à emoção), e a rede de modo padrão (que remete a memórias, ou imaginações do futuro).

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: