Mercado abrirá em 2 h 45 min
  • BOVESPA

    113.707,76
    +195,38 (+0,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.734,04
    -67,64 (-0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,27
    +1,16 (+1,32%)
     
  • OURO

    1.783,10
    +6,40 (+0,36%)
     
  • BTC-USD

    23.520,59
    -286,96 (-1,21%)
     
  • CMC Crypto 200

    559,69
    -13,12 (-2,29%)
     
  • S&P500

    4.274,04
    -31,16 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    33.980,32
    -171,69 (-0,50%)
     
  • FTSE

    7.514,05
    -1,70 (-0,02%)
     
  • HANG SENG

    19.763,91
    -158,54 (-0,80%)
     
  • NIKKEI

    28.942,14
    -280,63 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.524,75
    +31,50 (+0,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2592
    0,0000 (0,00%)
     

Estudo mostra com o que os brasileiros gastam em viagens internacionais

Estudo mostra com o que os brasileiros gastam em viagens internacionais (Foto: Getty Images)
Estudo mostra com o que os brasileiros gastam em viagens internacionais (Foto: Getty Images)
  • Após dois anos de restrições, brasileiros começaram a realizar viagens internacionais com maior frequência;

  • Mesmo com o câmbio desfavorável, brasileiros têm ido às compras em países estrangeiros;

  • Um levantamento destacou que a compra de produtos representou quase 50% dos gastos durante as viagens.

Após dois anos de restrições devido à pandemia da covid-19, os brasileiros começaram a realizar viagens internacionais com maior frequência. Diante desse cenário, a corretora americana Passfolio fez um levantamento para entender como os turistas do Brasil dividiram o orçamento durante as férias do segundo semestre deste ano.

Apesar de economia do país viver um momento bastante desfavorável em relação ao câmbio internacional – com o dólar a R$ 5,36 e o euro a R$ 5,47 – os brasileiros sempre dão um jeito de gastar durante as viagens internacionais.

O estudo, divulgado primeiramente pela Exame, revela que boa parte das despesas são destinadas às compras. Os brasileiros são motivados ora por conta da indisponibilidade de produtos em território nacional, ora para aproveitar o preço de algo que custa mais caro no mercado local.

Do total gasto em cartões de débito da Passfolio, quase a metade (48%) foi em compras. O valor é 3 vezes maior do que as despesas com alimentação, por exemplo. No caso de gastos com entretenimento, o valor usado para adquirir produtos é quase 10 vezes maior.

"Com a retomada das viagens internacionais e com muitos brasileiros aproveitando a temporada de verão no hemisfério Norte, vimos um crescimento significativo do uso do cartão de débito. Quase 50% de todos os gastos do PassCard são em compras e outros 25% com comida, bebida e viagens", explicou David Gobaud, CEO e fundador da Passfolio

A empresa oferece aos viajantes um cartão de débito internacional da bandeira Mastercard para o pagamento de despesas.

Confira o Ranking completo dos gastos em viagens internacionais

  1. Compras - 48%

  2. Comidas e bebidas - 14%

  3. Despesas da viagem - 12%

  4. Serviços - 7%

  5. Transporte e transfer - 6%

  6. Saúde - 6%

  7. Entretenimento - 5%

  8. Outros - 2%

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos