Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.669,90
    -643,33 (-0,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.627,67
    -560,48 (-1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,34
    -0,26 (-0,44%)
     
  • OURO

    1.744,10
    -14,10 (-0,80%)
     
  • BTC-USD

    59.897,59
    +1.405,52 (+2,40%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.235,89
    +8,34 (+0,68%)
     
  • S&P500

    4.128,80
    +31,63 (+0,77%)
     
  • DOW JONES

    33.800,60
    +297,03 (+0,89%)
     
  • FTSE

    6.915,75
    -26,47 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    28.698,80
    -309,27 (-1,07%)
     
  • NIKKEI

    29.768,06
    +59,08 (+0,20%)
     
  • NASDAQ

    13.811,00
    +63,25 (+0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7625
    +0,1276 (+1,92%)
     

Covid-19: Sem comorbidades, estudante de medicina morre aos 33 anos e comove interior de SP

·2 minuto de leitura
Antonio Francisco Bertocco Júnior já havia tomado a primeira dose da vacina, mas faleceu antes de realizar a imunização completa - Foto: Acervo Pessoal/Divulgação
Antonio Francisco Bertocco Júnior já havia tomado a primeira dose da vacina, mas faleceu antes de realizar a imunização completa - Foto: Acervo Pessoal/Divulgação

A pandemia continua proporcionando histórias trágica ao país diariamente. No interior de São Paulo, Antonio Francisco Bertocco Júnior, estudante de medicina de 33 anos, morreu em decorrência da Covid-19 após ficar cinco dias internado em uma UTI. As informações são do UOL.

Júnior era morador da pequena Avanhadava, a 479 km da capital, mas foi internado na vizinha Penápolis, já que o município onde residia não possui hospital adequado para tratar da doença. 

Leia também

De acordo com o UOL, ele teve sintomas leves e ficou internado na enfermaria da Santa Casa, onde esteve permaneceu por 15 dias. No último dia 3, após piora, ele precisou ser transferido para a UTI. 

"No domingo (7) houve necessidade de intubação orotraqueal. [O quadro clínico] continuou com piora severa e progressiva, e evoluiu para óbito ontem", explicou o diretor técnico da Santa Casa, Sidnei Albregard, ao UOL. 

Jovem, o estudante de medicina não tinha comorbidades graves e já havia sido imunizado com a primeira dose da Coronavac em fevereiro. Ele publicou uma foto em uma rede social, comemorando o feito e mostrando o cartão de imunização. Infelizmente, Júnior ainda não havia tomado a segunda dose do imunizante, não desenvolvendo inteiramente os anticorpos necessários para se proteger completamente da Covid-19.

A causa da morte foi, de acordo com o UOL, registrada como "colapso respiratório por intensa atividade inflamatória, pós Covid-19".

Morte repercutiu na região

Atualmente estudando medicina, Júnior era formado em enfermagem e história e já havia atuado como professor na rede pública de ensino. 

A Fundação Educacional de Penápolis, instituição onde Bertocco Júnior fazia a graduação médica, usou as redes sociais para lamentar o óbito. 

"Não tendo palavras para expressar os nossos sentimentos, prestamos nossas condolências aos familiares e amigos", publicou.

Júnior foi a 19ª morte por Covid-19 registrada em Avanhandava. Desde o início da pandemia, 611 casos foram confirmados na cidade, de acordo com o último boletim. Nessa terça-feira, o estado de São Paulo registrou 517 óbitos em apenas um dia, registrando outro triste recorde, assim como o país, que acumulou 1.972 mortes pela doença em apenas 24h.