Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.794,28
    -1.268,26 (-1,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.192,33
    +377,16 (+0,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,62
    +0,01 (+0,01%)
     
  • OURO

    1.753,00
    -3,70 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    47.608,00
    -513,80 (-1,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.209,85
    -23,43 (-1,90%)
     
  • S&P500

    4.473,75
    -6,95 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    34.751,32
    -63,07 (-0,18%)
     
  • FTSE

    7.027,48
    +10,99 (+0,16%)
     
  • HANG SENG

    24.667,85
    -365,36 (-1,46%)
     
  • NIKKEI

    30.323,34
    -188,37 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    15.505,75
    -12,00 (-0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2012
    +0,0052 (+0,08%)
     

Estreia do Homem-Aranha é agora a HQ mais cara da história

·1 minuto de leitura

Amazing Fantasy #15, a primeira aparição do Homem-Aranha, se tornou hoje a revista em quadrinhos mais cara da história. Um exemplar da edição foi vendido por US$ 3.6 milhões, o equivalente a pouco mais de R$ 19 milhões na cotação atual.

A edição, escrita por Stan Lee e desenhada por Steve Dikto, foi vendida em um leilão. A revista estava extremamente conservada - principalmente considerando que se trata de uma publicação de 1962 feita em papel jornal - conseguindo uma classificação de 9.6 pela Certified Guaranty Company (CGC), uma das empresas que realiza análise do nível de qualidade de quadrinhos nos EUA. Somente 3 outras cópias dessa HQ conseguiram essa mesma nota, desde que a CGC foi inaugurada.

<em>A edição recordista. (Imagem: Reprodução/Heritage Auctions)</em>
A edição recordista. (Imagem: Reprodução/Heritage Auctions)

O recorde anterior de Amazing Fantasy #15 foi em 2011, quando uma edição foi vendida por US$ 1,1 milhão, cerca de R$ 5,82 milhões na conversão direta. Desde então, outras edições da revista chegaram a serem disponibilizadas para venda, mas nenhuma delas batia o recorde até a HQ leiloada em 2021.

Recordes anteriores

<em>Capa de Action Comics #1, detentora anterior do recorde. (Imagem: Reprodução/DC Comics)</em>
Capa de Action Comics #1, detentora anterior do recorde. (Imagem: Reprodução/DC Comics)

Até agosto, o recorde de quadrinho mais caro era de Action Comics #1, primeira aparição do Superman, que foi vendida em 2014 por US$ 3,2 milhões, cerca de R$ 16,9 milhões na cotação atual. Entusiastas do mercado de coleções de HQ’s especulam que Amazing Fantasy #15 pode ter atingido esse valor pela grande expectativa gerada pelo próximo filme do cabeça-de-teia, que tem estréia marcada para dezembro.

Ficou curioso sobre a primeira história do Homem-Aranha? Ela já foi publicada uma série de vezes no Brasil, inclusive na Coleção Clássica Marvel #1, uma edição lançada em abril de 2021.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos