Mercado fechará em 2 h 7 min
  • BOVESPA

    108.669,24
    +839,52 (+0,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.853,74
    -481,77 (-0,90%)
     
  • PETROLEO CRU

    77,34
    +0,20 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.885,10
    +0,30 (+0,02%)
     
  • BTC-USD

    22.887,11
    -104,05 (-0,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    527,47
    -9,43 (-1,76%)
     
  • S&P500

    4.116,82
    -47,18 (-1,13%)
     
  • DOW JONES

    33.931,39
    -225,30 (-0,66%)
     
  • FTSE

    7.885,17
    +20,46 (+0,26%)
     
  • HANG SENG

    21.283,52
    -15,18 (-0,07%)
     
  • NIKKEI

    27.606,46
    -79,01 (-0,29%)
     
  • NASDAQ

    12.532,00
    -244,75 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,6000
    +0,0229 (+0,41%)
     

Estoques de petróleo nos EUA atingem maior nível desde junho de 2021, diz AIE

Reserva Estratégica de Petróleo do Departamento de Energia dos EUA, em Bryan Mound

Por Laura Sanicola

(Reuters) - Os estoques de petróleo dos EUA aumentaram na semana passada com a redução da demanda por combustíveis e atingiram o nível mais alto desde junho de 2021, informou a Administração de Informação de Energia (AIE) dos EUA nesta quarta-feira.

Os estoques de petróleo aumentaram em 533.000 barris na semana passada, para 448,5 milhões de barris na semana encerrada em 20 de janeiro. O volume, no entanto, ficou substancialmente abaixo das previsões de um aumento de 1 milhão de barris.

Os contratos futuros de petróleo dos EUA subiram mais de 1 dólar, para uma máxima de 81,23 dólares mais cedo na sessão, antes de reduzir os ganhos.

"O aumento foi muito menor do que o previsto e isso está levantando preocupações sobre o aperto na oferta", disse Phil Flynn, analista do Price Futures Group.

O petróleo aumentou em meio a uma queda na demanda semanal de combustível e à medida que as refinarias continuaram a aumentar atividades após a tempestade de inverno de dezembro Elliott interromper a capacidade de refino.

Os estoques de gasolina dos EUA aumentaram em 1,8 milhão de barris na semana para 232 milhões de barris, informou a AIE.

Embora a demanda por destilados tenha caído 146.000 barris por dia, os estoques de destilados, que incluem diesel e óleo para aquecimento, caíram 0,5 milhão, para 115,3 milhões de barris, mostraram dados da AIE.

As operações de refino bruto aumentaram em 128.000 barris por dia na última semana, disse a AIE, à medida que as refinarias voltavam a funcionar depois que uma tempestade de inverno em dezembro fez com que as plantas parassem parte da produção.

(Reportagem de Laura Sanicola)