Mercado abrirá em 9 h 44 min
  • BOVESPA

    122.979,96
    +42,09 (+0,03%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.789,31
    +417,33 (+0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,58
    -0,91 (-1,39%)
     
  • OURO

    1.866,70
    -1,30 (-0,07%)
     
  • BTC-USD

    40.584,80
    -4.340,32 (-9,66%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.120,19
    -132,95 (-10,61%)
     
  • S&P500

    4.127,83
    -35,46 (-0,85%)
     
  • DOW JONES

    34.060,66
    -267,13 (-0,78%)
     
  • FTSE

    7.034,24
    +1,39 (+0,02%)
     
  • HANG SENG

    28.593,81
    +399,72 (+1,42%)
     
  • NIKKEI

    28.008,09
    -398,75 (-1,40%)
     
  • NASDAQ

    13.149,75
    -62,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4304
    +0,0003 (+0,00%)
     

Estoque de Biden da AstraZeneca sobe para 20 milhões de doses

Joshua Wingrove
·4 minuto de leitura

(Bloomberg) -- O estoque dos Estados Unidos da polêmica vacina contra o coronavírus da AstraZeneca agora soma mais de 20 milhões de doses, segundo pessoas a par do assunto, embora pareça cada vez mais improvável que o imunizante seja usado na campanha de vacinação do presidente Joe Biden.

A AstraZeneca ainda não solicitou autorização da FDA, agência que regula fármacos e alimentos nos EUA, para a vacina de duas doses, e a empresa enfrenta questões de segurança no exterior e escrutínio de reguladores americanos, que já repreenderam a farmacêutica por erros durante os ensaios clínicos e divulgação de dados parciais.

Três outras vacinas já autorizadas nos EUA estão sendo administradas a um ritmo de cerca de 3 milhões de doses por dia, e centenas de milhões de doses adicionais devem ser entregues em agosto.

Isso coloca uma questão para Biden: o que fazer com a vacina da AstraZeneca? A empresa já tem mais de 20 milhões de doses em mãos, parte de um total entre 80 milhões e 90 milhões a ser atingido em algum estágio da produção para a encomenda dos EUA, disseram pessoas a par do assunto. Aliados já pediram doses do estoque de vacinas da AstraZeneca dos EUA. O imunizante, que é mais barato, poderia ajudar dezenas de países de baixa renda que não podem pagar pelas vacinas da Pfizer e Moderna.

“Que sejam todas doadas. No momento em que pensarmos em autorizá-la, estaremos em uma situação de excesso no mercado interno”, disse Zeke Emanuel, médico e vice-reitor da Universidade da Pensilvânia, que atuou como assessor sênior de políticas de saúde no governo Obama e no conselho consultivo de transição da Covid de Biden.

“Nunca vamos usá-las”, disse.

Celine Gounder, médica que também atuou no conselho consultivo da Covid para a transição de Biden, concorda que as doses devem ser doadas após a empresa obter a autorização da FDA. “Temos o suficiente - nem mesmo precisamos da Johnson & Johnson”, a terceira fabricante americana autorizada, disse.

A autorização da FDA é “realmente importante”, disse Gounder, “por causa de todas as diferentes questões com a vacina AstraZeneca”.

‘Associação’ com coágulos

No início desta semana, a regulador de medicamentos da União Europeia estabeleceu uma “forte associação” entre a vacina da AstraZeneca e raros coágulos sanguíneos, particularmente em pacientes mais jovens. Reguladores do Reino Unido disseram que pessoas com menos de 30 anos devem receber uma vacina alternativa, se disponível.

Em março, a AstraZeneca recebeu uma atípica repreensão de reguladores americanos, que acusaram a farmacêutica de divulgar dados “potencialmente enganosos” de um grande ensaio clínico nos EUA. A AstraZeneca revisou as estimativas da eficácia da vacina ligeiramente para baixo.

Os EUA devem ter vacinas suficientes para toda a população adulta até o final do próximo mês, com outros 200 milhões de doses da Moderna e da Pfizer entregues no final de julho. Autoridades da Casa Branca disseram que parte do excedente pode ser usado para vacinar crianças, quando um imunizante seja aprovado para menores de 16 anos. Devido aos problemas com adultos mais jovens, não está claro se a vacina da AstraZeneca seria aprovada para uso nesse grupo.

O governo não vai tomar nenhuma decisão sobre a AstraZeneca até que a FDA conclua sua análise, disse uma autoridade com conhecimento do assunto, que falou sob anonimato.

No ano passado, o governo dos EUA gastou US$ 1,2 bilhão para acelerar a pesquisa, o desenvolvimento, a produção e entrega de 300 milhões de doses da vacina da AstraZeneca. Na época, o Departamento de Saúde e Serviços Humanos sob o governo Trump informou que a expectativa era de que as primeiras doses fossem entregues já em outubro passado.

Biden não mudou essa encomenda, então a AstraZeneca começou a produzir vacinas nos EUA em antecipação à possível aprovação da FDA.

A empresa espera ter 50 milhões de doses prontas até o fim deste mês, segundo uma das autoridades.

A AstraZeneca não quis comentar diretamente sobre o estoque dos EUA, mas disse em comunicado que “espera ter até aproximadamente 50 milhões de doses disponíveis para o governo dos EUA no momento da autorização de uso emergencial e milhões de doses adicionais depois disso”.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.