Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,69 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,11 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +21,40 (+1,22%)
     
  • BTC-USD

    49.024,43
    -192,50 (-0,39%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,72 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,21 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,17 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

Estilista Vivienne Westwood compartilha sua "Carta à Terra" antes da COP26

·1 min de leitura
Estilista Vivienne Westwood posa para foto antes da semana de moda de Londres

Por Mindy Burrows

LONDRES (Reuters) - A estilista Vivienne Westwood e o autor nigeriano Ben Okri leram uma "Carta à Terra", nesta segunda-feira, como parte de uma campanha pedindo ações contra as mudanças climáticas pouco antes da cúpula COP26 da ONU.

A estilista de 80 anos de idade, conhecida por seu ativismo ambiental, Okri e crianças do coral SOS From the Kids estiveram entre os que passaram pelo palco do teatro Shakespeare's Globe, em Londres, para lerem cartas em uma gravação que será publicada na semana que vem.

Em sua carta, Westwood fez um pedido por uma economia baseada na terra e pela abertura de corredores de natureza para a vida selvagem.

"Restauração não é só parar com as fazendas e deixar tudo para trás, tem a ver com começar a cultivar em colaboração com a natureza. Deixar a natureza recuperar a terra", disse ela à Reuters.

Fundada em 2019, a campanha global já teve artistas como Yoko Ono e o vencedor do Oscar Mark Rylance ao lado de adultos e crianças escrevendo cartas sobre suas preocupações ambientais.

"O que estamos fazendo agora às vésperas da COP é pedir a todos no mundo que aumentem suas ambições em relação às ações climáticas", disse Kay Michael, diretor co-fundador da campanha "Cartas à Terra".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos