Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.487,88
    +1.482,66 (+1,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.518,30
    +228,39 (+0,45%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,35
    +0,46 (+0,42%)
     
  • OURO

    1.845,10
    +3,90 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    29.459,71
    +260,39 (+0,89%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,34
    -23,03 (-3,42%)
     
  • S&P500

    3.901,36
    +0,57 (+0,01%)
     
  • DOW JONES

    31.261,90
    +8,77 (+0,03%)
     
  • FTSE

    7.389,98
    +87,24 (+1,19%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    11.838,00
    -40,25 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1528
    -0,0660 (-1,26%)
     

Estes são os terrenos mais caros já vendidos no metaverso

Compradores de terrenos no metaverso vão desde usuários, marcas do mundo real e empresas especializadas
Compradores de terrenos no metaverso vão desde usuários, marcas do mundo real e empresas especializadas
  • Estima-se que mercado de terrenos no metaverso atinja a marca de US$ 1 bilhão em 2022;

  • A compra de um terreno virtual tem sido aclamada como um dos melhores investimentos a se fazer;

  • Variação no preço das moedas pode aumentar o valor do terreno em uma questão de meses.

Um terreno no metaverso tem sido propagandeado nos últimos meses pelos entusiastas do mundo de criptoativos como um dos melhores investimentos a se fazer. Isso porque, como a tecnologia ainda está no começo, entende-se que ainda há muito espaço para crescimento econômico no mundo virtual.

No entanto, de espaço por enquanto só se tem esse mesmo. Isto porque dentro dos maiores e mais habitados metaversos, como o Decentraland e o The Sandbox, a procura por um lote virtual já foi tanta que agora basicamente só resta comprar um terreno que já tenha um dono.

Ainda assim, com a chegada de grandes empresas no mercado virtual, espera-se que os valores movimentados por vendas de terrenos no metaverso dobrem de figura neste ano, passando de US$ 500 milhões em 2021 para US$ 1 bilhão em 2022.

Dessa quantia em 2021, cerca de US$ 390 milhões foram gastos em compras realizadas no Decentraland e no The Sandbox. Confira abaixo os terrenos mais caros já comprados no metaverso e quanto foi pago por eles.

  1. US$ 4,3 milhões - Adquirido em novembro de 2021 pela Republic Realms, um fundo de investimento em imóveis digitais, esse terreno localizado no The Sandbox é a maior venda registrada de um lote do metaverso até agora. Antes da compra, o espaço pertencia à Atari S.A.

  2. US$ 2,5 milhões - No mesmo mês um terreno foi vendido no jogo virtual Axie Infinity, por 550 ETH, o que na época equivalia a US$ 2,5 milhões. Essa foi a maior venda já registrada em todo o jogo, informou a empresa responsável pelo projeto.

  3. US$ 2,4 milhões - Também em novembro a Metaverse Group (diferente da Meta, do Facebook), empresa afiliada a Tokens.com comprou um terreno no Decentraland por 618 mil MANA, criptomoeda utilizada na plataforma. A área comprada é uma das maiores já vista até então, equivalente a 566 metros quadrados. Com a subida da moeda, em dezembro a propriedade valorizou bastante, passando a valer US$ 3,5 milhões.

  4. US$ 913 mil - Em junho de 2021, um terreno no Decentraland foi vendido por 1,3 milhão de MANA, o que na época equivalia a US$ 913 mil. Com a valorização da moeda, o terreno já alcança o valor de US$ 1,8 milhão. A compra foi realizada também pela Republic Realms.

  5. US$ 450 mil - Em dezembro do ano passado, um investidor identificado apenas por "P-Ape" pagou R$ 450 mil dólares, ou 71 mil SAND, criptomoeda da plataforma The Sandbox, para ter um terreno vizinho ao do rapper Snoop Dogg no mundo virtual.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos