Mercado fechado

Estamos a um milímetro de acordo de imposto corporativo, diz Le Maire

·1 minuto de leitura
Bruno Le Maire, ministro das Finanças da França

LONDRES (Reuters) - O mundo está a um milímetro de um consenso sobre impostos corporativos globais e um acordo pode ser assinado em Washington na próxima semana ou no G20, disse o ministro das Finanças da França, Bruno Le Maire, nesta quarta-feira.

Um esboço atualizado de uma revisão do imposto corporativo global tirou o "pelo menos" da taxa mínima proposta de "pelo menos 15%", possivelmente eliminando um grande obstáculo para a Irlanda conforme as negociações entram na reta final, disseram fontes familiarizadas com as discussões.

"Estou totalmente determinado a abrir caminho para um consenso porque estamos a um milímetro de um acordo global sobre um novo sistema tributário internacional para o século 21, e não devemos perder a oportunidade de construir esse novo sistema de imposto", disse Le Maire à CNBC.

"Poderíamos ou na próxima semana durante as reuniões em Washington, ou na reunião do G20 em Roma no final de outubro, assinar o acordo final sob o sistema internacional de imposto."

Le Maire disse que alguns países estão pedindo um período de implementação de dez anos, e "por que não?", acrescentando que será necessário haver um meio-termo.

"O ponto importante é adotar um consenso, até o final deste mês, sobre o novo sistema tributário internacional", afirmou.

"Posso esperar mais alguns dias. Não estou dizendo mais algumas semanas, ou mais alguns meses, mas estou pronto para esperar mais alguns dias, para que possamos chegar a um acordo com todos os membros da OCDE."

(Por Guy Faulconbridge e Alistair Smout)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos