Mercado abrirá em 1 h 31 min
  • BOVESPA

    100.552,44
    +12,44 (+0,01%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.669,25
    +467,45 (+1,22%)
     
  • PETROLEO CRU

    40,26
    +0,23 (+0,57%)
     
  • OURO

    1.918,80
    -10,70 (-0,55%)
     
  • BTC-USD

    12.957,76
    +1.900,75 (+17,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    259,97
    +15,08 (+6,16%)
     
  • S&P500

    3.435,56
    -7,56 (-0,22%)
     
  • DOW JONES

    28.210,82
    -97,98 (-0,35%)
     
  • FTSE

    5.749,34
    -27,16 (-0,47%)
     
  • HANG SENG

    24.786,13
    +31,71 (+0,13%)
     
  • NIKKEI

    23.474,27
    -92,73 (-0,39%)
     
  • NASDAQ

    11.659,75
    -31,50 (-0,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6413
    -0,0087 (-0,13%)
     

Estados e municípios recebem nesta 3ª-feira auxílio da União, diz Tesouro

·1 minuto de leitura

BRASÍLIA (Reuters) - Estados e municípios receberão nesta terça-feira o valor referente a junho da ajuda financeira aprovada pelo Congresso para recompor parte da sua perda de arrecadação em meio à pandemia do coronavírus, informou o Tesouro Nacional.

Serão repassados 9,25 bilhões de reais para os Estados, 5,748 bilhões de reais para os municípios e 38,6 milhões de reais para o Distrito Federal, num total de 15,036 bilhões.

Segundo o Tesouro, as próximas parcelas serão pagas em 13 de julho, 12 de agosto e 11 de setembro de 2020.

O projeto aprovado pelo Congresso prevê a injeção de 60,15 bilhões de reais do Tesouro em ajuda a Estados e municípios, em quatro parcelas. Além da transferência direta de recursos, o projeto prevê a suspensão da dívida dos entes com a União até o fim deste ano, num benefício de 35,34 bilhões de reais.

Estados e municípios também poderão renegociar obrigações com bancos públicos (alívio potencial de 13,98 bilhões de reais) e com organismos internacionais (10,73 bilhões de reais). Finalmente, haverá suspensão do pagamento de dívidas previdenciárias dos municípios até o fim deste ano, com impacto de 5,6 bilhões de reais.

(Por Marcela Ayres)