Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.202,23
    +2.512,05 (+2,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.342,54
    +338,35 (+0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,28
    +2,45 (+3,84%)
     
  • OURO

    1.698,20
    -2,50 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    47.804,57
    -3,89 (-0,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    982,93
    +39,75 (+4,21%)
     
  • S&P500

    3.841,94
    +73,47 (+1,95%)
     
  • DOW JONES

    31.496,30
    +572,16 (+1,85%)
     
  • FTSE

    6.630,52
    -20,36 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    29.098,29
    -138,50 (-0,47%)
     
  • NIKKEI

    28.864,32
    -65,78 (-0,23%)
     
  • NASDAQ

    12.652,50
    +197,50 (+1,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7797
    -0,0062 (-0,09%)
     

Estado de São Paulo tem cinco casos da nova variante brasileira do coronavírus

·1 minuto de leitura
Corona Virus mutation with DNA - covid-19 illustration with dark blue cell background
Imagem: Getty Images

O estado de São Paulo detectou um total de cinco infecções causadas pela nova variante do coronavírus, conhecida como P1. A informação foi divulgada pelo Ministério da Saúde desta sexta-feira, 5.

Em 26 de janeiro, a Secretaria de Saúde do estado já havia identificado três casos da P1. Nas últimas semanas, outros dois foram registrados.

De acordo com o Ministério, o Brasil já confirmou 38 casos da nova variante. A maior parte dos casos, 31 deles, foram identificados no Amazonas. Além dos 5 em São Paulo, outros dois casos foram registrados no Pará.

Há alguns laboratórios brasileiros analisando a nova variante do coronavírus, como a Fundação Oswaldo Cruz, o Instituto Evandro Chagas e o Instituto Adolfo Lutz.

Leia também:

Até o momento, há apenas uma morte relacionada a nova variante do coronavírus. A vítima tinha 61 anos e morreu na manhã da última quinta-feira, 5, no Hospital de Pirituba, na Zona Oeste de São Paulo. Ela estava internada há duas semanas. Segundo informações da GloboNews, a vítima chegou ao hospital em estado grave.

O mesmo hospital recebeu uma paciente com suspeita da variante. O estado dela é estável. Apesar de estar internada em São Paulo, a paciente viajou para Manaus e, ao voltar, apresentou sintomas da covid-19.