Mercado abrirá em 2 h 29 min
  • BOVESPA

    120.933,78
    -180,15 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.072,62
    -654,36 (-1,34%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,00
    +0,62 (+0,98%)
     
  • OURO

    1.769,40
    -1,20 (-0,07%)
     
  • BTC-USD

    55.643,63
    -1.160,27 (-2,04%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.257,34
    -41,61 (-3,20%)
     
  • S&P500

    4.163,26
    -22,21 (-0,53%)
     
  • DOW JONES

    34.077,63
    -123,04 (-0,36%)
     
  • FTSE

    6.935,15
    -64,93 (-0,93%)
     
  • HANG SENG

    29.135,73
    +29,58 (+0,10%)
     
  • NIKKEI

    29.100,38
    -584,99 (-1,97%)
     
  • NASDAQ

    13.843,25
    -54,00 (-0,39%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6825
    +0,0068 (+0,10%)
     

Estadias na Airbnb superam oferta combinada de grandes redes de hotéis, diz empresa

·1 minuto de leitura

BENGALURU, Índia (Reuters) - As estadias oferecidas pela empresa de aluguel de residências para temporada Airbnb nos Estados Unidos mais do que dobraram nos últimos quatro anos, superando a oferta de algumas cadeias tradicionais de hotéis, revelou a empresa de análise de mercado AirDNA, nesta sexta-feira.

O apelo de aluguéis de curto prazo que oferecem maior espaço e localização em destinos remotos provou ser vital para a Airbnb durante a pandemia de Covid-19, permitindo um desempenho melhor do que as companhias tradicionais de hospedagem no ano passado, disse a AirDNA.

As listagens ativas globais da Airbnb aumentaram 2,5% em fevereiro em relação ao ano anterior, segundo a empresa.

Globalmente, há mais de 5,4 milhões de anúncios ativos na Airbnb, com mais unidades disponíveis para aluguel do que o total combinado de 3,3 milhões de unidades nas redes de hotéis Marriott, Hilton e IHG, disse AirDNA.

No início de 2017, a Airbnb tinha 2,3 milhões de unidades em oferta em sua plataforma.

(Por Ankit Ajmera)