Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.672,26
    +591,91 (+0,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.741,50
    +1.083,62 (+2,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,06
    +2,79 (+2,68%)
     
  • OURO

    1.828,10
    -1,70 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    21.468,45
    +121,40 (+0,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    462,12
    +8,22 (+1,81%)
     
  • S&P500

    3.911,74
    +116,01 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    31.500,68
    +823,32 (+2,68%)
     
  • FTSE

    7.208,81
    +188,36 (+2,68%)
     
  • HANG SENG

    21.719,06
    +445,19 (+2,09%)
     
  • NIKKEI

    26.491,97
    +320,72 (+1,23%)
     
  • NASDAQ

    12.132,75
    +395,25 (+3,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5524
    +0,0407 (+0,74%)
     

Esta ilusão de ótica engana o cérebro de 86% das pessoas; você é uma delas?

Cientistas fizeram uma análise sobre uma nova ilusão de ótica — chamada Expanding Hole Illusion — que engana o cérebro e dilata a pupila, como se a pessoa entrasse em um túnel escuro. Basicamente, a imagem consiste em um buraco negro que parece se expandir à medida que se olha.

Segundo as informações publicadas na revista científica Frontiers in Human Neuroscience, a ilusão de ótica em questão pode ser percebida por 86% das pessoas. Veja se você é uma delas: a imagem parece se mexer, do centro para as bordas como um buraco em expansão?

Segundo o estudo, o reflexo da pupila depende da percepção, e não necessariamente da realidade. “A pupila reage à forma como percebemos a luz, mesmo que essa 'luz' seja imaginária como na ilusão de ótica, e não apenas uma quantidade de energia luminosa que realmente invade o olho", teorizam os pesquisadores.

Logo, a ilusão provoca uma dilatação correspondente da pupila, como aconteceria se a escuridão realmente aumentasse. Os especialistas também exploraram como diferentes cores no buraco afetariam a intensidade com que se reage mental e fisiologicamente à ilusão.

Em uma tela, eles apresentaram variações da imagem do “buraco em expansão” para 50 mulheres e homens com visão normal, pedindo que avaliassem a intensidade com que percebiam a ilusão. Enquanto os participantes olhavam para a imagem, os pesquisadores mediram seus movimentos oculares e as constrições e dilatações inconscientes de suas pupilas.

A conclusão foi que a ilusão de ótica se mantinha mais eficaz quando o buraco era preto, uma vez que os buracos negros promoviam fortes dilatações nas pupilas dos participantes, enquanto os buracos coloridos faziam com que suas pupilas se contraíssem.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos