Mercado fechará em 3 h 47 min
  • BOVESPA

    111.943,57
    -2.484,61 (-2,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.342,65
    -343,38 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,82
    +0,38 (+0,46%)
     
  • OURO

    1.772,70
    +7,00 (+0,40%)
     
  • BTC-USD

    62.682,64
    +690,93 (+1,11%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.456,44
    -6,91 (-0,47%)
     
  • S&P500

    4.514,31
    +27,85 (+0,62%)
     
  • DOW JONES

    35.436,68
    +178,07 (+0,51%)
     
  • FTSE

    7.213,72
    +9,89 (+0,14%)
     
  • HANG SENG

    25.787,21
    +377,46 (+1,49%)
     
  • NIKKEI

    29.215,52
    +190,06 (+0,65%)
     
  • NASDAQ

    15.379,50
    +89,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4802
    +0,0887 (+1,39%)
     

Esta empresa quer fazer sua picape rodar com energia solar

·2 minuto de leitura

Se você é um dos muitos apaixonados por picapes, cada vez mais presentes na preferência dos brasileiros, ficou empolgado com o avanço dos veículos elétricos e sonha com uma economia ainda maior, vai torcer para que a novidade criada pela Worksport dê logo as caras por aqui. A empresa canadense iniciou a pré-venda de um sistema que quer fazer “todas as picapes do mundo rodarem com energia solar”.

Batizado de TerraVis, por ter sido desenvolvido em parceria com a TerraVis Energy, ele é uma trampa traseira constituída por painéis solares, com o número de placas variando de acordo com o modelo encomendado. Esses painéis coletam os raios solares e os armazenam em uma bateria de alta capacidade, chamada COR mobile Energy Storage.

Para fazer a picape rodar com a energia solar, o sistema conta com um inversor CA/CC que promete ampliar a autonomia das picapes elétricas em até 48 quilômetros. Apesar de o número parecer pequeno, ele tem explicação: o foco da empresa, a princípio, é o mercado local e dos Estados Unidos, países nos quais as picapes ainda são primordialmente usadas como veículos de trabalho, ou seja, com deslocamentos pequenos durante o dia.

“Imagine um banco de sangue externo móvel em que a energia acabou repentinamente. Nós podemos ajudar com isso”, brincou Steven Rossi, CEO da Worksport. “Você tem acesso à energia verde sem um plugue. Diz-se que o americano médio dirige 48 quilômetros por dia, e podemos lidar com tudo isso com nossos produtos de energia solar. Na verdade, isso é o que há de mais significativo nas emissões de carbono, muito mais do que o próprio veículo”, completou.

Troca rápida

Imagem: Divulgação/Worksport
Imagem: Divulgação/Worksport

Um dos pontos exaltados pelo CEO da Worksport ao falar sobre o lançamento do TerraVis foi o fato de que o usuário não ficará sem “combustível” nem no momento em que precisar trocar a bateria. Isso será possível graças ao sistema chamado de hot-swap, algo que, em bom português, significa “troca rápida”. Ele permite que as baterias descarregadas sejam trocadas em apenas um minuto, sem que o sistema seja desligado.

O site para que os clientes de todo o mundo possam realizar pedidos foi inaugurado na última terça-feira (21) e a expectativa é por um aumento de demanda do sistema. “Abrir este portal ao público é uma conquista monumental para nossa equipe. É incrível sentir o nível de empolgação que isso está atraindo. Estamos muito ansiosos para colocar a produção da Terravis em andamento e colocar a energia para fornecer sua própria energia do sol de forma lógica em sua picape, e confortavelmente em suas mãos”, finalizou a companhia.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos