Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.471,92
    +579,92 (+0,55%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.723,43
    -192,77 (-0,41%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,53
    -0,01 (-0,01%)
     
  • OURO

    1.772,60
    -15,90 (-0,89%)
     
  • BTC-USD

    23.088,73
    -117,46 (-0,51%)
     
  • CMC Crypto 200

    533,20
    -2,02 (-0,38%)
     
  • S&P500

    4.145,19
    -6,75 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    32.803,47
    +76,67 (+0,23%)
     
  • FTSE

    7.439,74
    -8,32 (-0,11%)
     
  • HANG SENG

    20.201,94
    +27,94 (+0,14%)
     
  • NIKKEI

    28.175,87
    +243,67 (+0,87%)
     
  • NASDAQ

    13.216,50
    -110,50 (-0,83%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2666
    -0,0739 (-1,38%)
     

Esta é a única espécie de tubarão capaz de se locomover em terra

A ideia de um tubarão poder se locomover em terra de maneira semelhante a um leão-marinho pode parecer inconcebível, mas cientistas israelenses descobriram essa inusitada habilidade na espécie epaulette (Hemiscyllium ocellatum). Na prática, o animal usa a barriga para deslizar por uma superfície bem rasa.

A teoria dos cientistas é que essa espécie desenvolveu a capacidade de se locomover em terra porque isso a ajudou a procurar comida em ambientes onde outros tubarões não conseguiam sobreviver. “Todas as características são selecionadas quando permitem que uma espécie sobreviva melhor e crie um ambiente onde seja seguro e possa obter comida”, apontam.

Esses tubarões que crescem até cerca de 1 metro de comprimento e nadam em recifes de coral rasos para caçar caranguejos e outros invertebrados, que constituem a maior parte de sua dieta. Quando a maré abaixa, eles deslizam por poças em busca dessas criaturas. Eles também aprenderam a subir no recife e se jogar na próxima poça.

Hemiscyllium ocellatum, a única espécie de tubarão capaz de se locomover em terra (Imagem: David Clode/Unsplash)
Hemiscyllium ocellatum, a única espécie de tubarão capaz de se locomover em terra (Imagem: David Clode/Unsplash)

Na prática, a espécie é capaz de se locomover por 30 metros ou mais em terra firme e ainda pode sobreviver quando o oxigênio é escasso, passando até uma hora em terra com uma única respiração. Essa capacidade também ajuda as dragonas a prosperar nas águas com baixo teor de oxigênio.

Uma grande questão sobre esse tubarão que os cientistas esperam responder é como uma espécie com tão pouca diversidade genética pode produzir indivíduos que diferem tanto em sua aparência. Acontece que os padrões nos pontos distintos da espécie variam tanto que não há dois indivíduos exatamente iguais. Uma espécie simplesmente enigmática para a ciência.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos