Mercado fechará em 5 h 41 min
  • BOVESPA

    111.977,11
    +98,58 (+0,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    43.674,83
    +779,20 (+1,82%)
     
  • PETROLEO CRU

    44,94
    -0,34 (-0,75%)
     
  • OURO

    1.840,90
    +10,70 (+0,58%)
     
  • BTC-USD

    19.348,26
    +399,01 (+2,11%)
     
  • CMC Crypto 200

    380,25
    +15,33 (+4,20%)
     
  • S&P500

    3.669,01
    +6,56 (+0,18%)
     
  • DOW JONES

    29.883,79
    +59,87 (+0,20%)
     
  • FTSE

    6.471,01
    +7,62 (+0,12%)
     
  • HANG SENG

    26.728,50
    +195,92 (+0,74%)
     
  • NIKKEI

    26.809,37
    +8,39 (+0,03%)
     
  • NASDAQ

    12.486,50
    +32,25 (+0,26%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2963
    -0,0235 (-0,37%)
     

Estímulos favorecem perspectiva para ouro, diz veterano do setor

Ranjeetha Pakiam e Shery Ahn
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- O ouro pode ter ficado confinado a uma faixa estreita antes da eleição nos EUA, mas a perspectiva para o metal precioso permanece incrivelmente positiva, dadas as possibilidades de mais estímulos para combater as consequências da pandemia e a probabilidade de um dólar mais fraco, de acordo com um veterano do setor.

“O ambiente para ouro é provavelmente o melhor que já existiu” nos últimos 15 anos, disse Jake Klein, presidente executivo da australiana Evolution Mining, à Bloomberg Television na terça-feira. “É um ambiente que foi amplificado pela gravidade da pandemia de Covid.”

O ouro se estabilizou perto de US$ 1.900 a onça após bater um recorde em agosto, enquanto os investidores aguardam um acordo para estímulos nos EUA e o resultado da eleição presidencial de 3 de novembro na disputa entre Donald Trump e Joe Biden. Após a votação, há potencial para o dólar enfraquecer devido à significativa impressão de dinheiro que será necessária e ajudará o ouro, embora os preços possam primeiro se consolidar, disse Klein.

“Infelizmente é o caso de os governos precisarem imprimir esse dinheiro para colocar eles próprios e suas populações em um ambiente mais voltado para o crescimento: mas é caro e está criando muitas dívidas ”, disse Klein. As chamadas moedas Fiat - fiduciárias, que têm seu valor garantido pelo governo emissor e não são lastreadas por um bem físico ou commodity - geralmente estão em declínio em relação a um ativo sólido como o ouro, disse ele.

Antes da eleição, as preocupações iniciais sobre uma disputa muito acirrada e um resultado potencialmente contestado diminuíram em meio às especulações de que os democratas podem derrubar Trump e tomar o Senado, a chamada Onda Azul. O cenário macro é favorável para o ouro, e poderia haver mais vantagens se os democratas assumissem a Presidência e o Senado, de acordo com Suki Cooper, analista do Standard Chartered Bank.

“O ouro teve uma corrida muito forte nos últimos 12 a 24 meses”, disse Klein. “Talvez seja necessário respirar um pouco para manter o ímpeto ascendente daqui para frente. Os fatores que geralmente influenciam o preço do ouro são muito fortes.”

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.