Mercado abrirá em 17 mins
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,35 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,60
    -0,04 (-0,06%)
     
  • OURO

    1.774,80
    +5,80 (+0,33%)
     
  • BTC-USD

    32.506,29
    -1.145,58 (-3,40%)
     
  • CMC Crypto 200

    794,97
    -144,98 (-15,42%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,32 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.028,27
    +10,80 (+0,15%)
     
  • HANG SENG

    28.489,00
    -312,27 (-1,08%)
     
  • NIKKEI

    28.010,93
    -953,15 (-3,29%)
     
  • NASDAQ

    14.059,00
    +24,00 (+0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0059
    -0,0302 (-0,50%)
     

Estádio Felipão, palco da agressão à jornalista no Piauí, é interditado pelo TJD do estado

·1 minuto de leitura


O Tribunal de Justiça Desportiva do Piauí (TJD-PI) divulgou nesta sexta-feira a medida que determina o fechamento do estádio Felipão, palco da briga generalizada entre atletas e funcionários do Altos e Fluminense-Pi que culminou na agressão à jornalista Emanuele Madeira. A cúpula sustentou a decisão apontando a ausência de medidas protocolares contra à Covid-19 e precariedade na segurança fornecida pelo estádio.
+ Confira a classificação do Campeonato Piauiense

O processo analisou o relatório do árbitro da partida, o relatório do delegado e toda repercussão na mídia. Além disso, a decisão também considerou o atraso em 40 minutos para início da partida devido à espera por uma equipe médica.

Em seguida, ao término do jogo, os presidentes de Altos e Fluminense-Pi começaram o bate bota que terminou em uma briga generalizada. Ao filmar a confusão, a jornalista foi agredida por um dos homens credenciados e envolvidos na ocasião.

- No presente caso estão presentes os requisitos autorizadores da medida excepcional, já que os fatos narrados e demonstrados pelas provas que arrimam a exordial são gravíssimos e suficientes para indiciar a precariedade da praça desportiva e da segurança a ela imposta para a realização de eventos desportivos - diz o processo Nº 022-TJD-2021 assinado pelo presidente do TJD-PI Marcelo Pio.

Além da interdição, a corte esportiva também suspendeu João Paulo dos Anjos Abreu, o funcionário do Altos que agarrou Emanuele pelo pescoço enquanto segurava o celular que a jornalista utilizava. Junto à Federação Piauiense de Futebol (FPP), o TJD-PI o proibiu de entrar em entrar nos estádios com jogos promovidos pela entidade e pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos