Mercado fechará em 1 h 42 min
  • BOVESPA

    111.178,11
    +505,35 (+0,46%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.413,18
    +10,48 (+0,02%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,64
    +0,68 (+0,82%)
     
  • OURO

    1.785,10
    +14,60 (+0,82%)
     
  • BTC-USD

    66.174,16
    +2.779,39 (+4,38%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.540,98
    +60,18 (+4,06%)
     
  • S&P500

    4.529,24
    +9,61 (+0,21%)
     
  • DOW JONES

    35.596,68
    +139,37 (+0,39%)
     
  • FTSE

    7.223,10
    +5,57 (+0,08%)
     
  • HANG SENG

    26.136,02
    +348,81 (+1,35%)
     
  • NIKKEI

    29.255,55
    +40,03 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    15.370,00
    -28,50 (-0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4737
    -0,0225 (-0,35%)
     

Está caro comprar um sofá? Startup aluga móveis por assinatura

·1 minuto de leitura

Quem tentou comprar um sofá ou cama nos últimos dias não deve ter ficado feliz com os preços altos. Mas a startup Tuim tem uma alternativa: aluguel da mobília por sistema de assinatura. O site da empresa disponibiliza 150 itens para esse fim, como mesas, poltronas, sofás, tapetes e outros.

A empresa tem sede em São Paulo, mas o serviço também está funcionando no Rio de Janeiro, em Belo Horizonte e em Curitiba. É possível fazer uma simulação dos valores conforme o tempo de aluguel do móvel; o período varia de dois meses a um ano. Um berço custa, por exemplo, R$ 134 mensais por 12 meses em São Paulo.

O público-alvo da Tuim é o consumidor que muda muito de residência ou quem gosta de diversificar a decoração do ambiente gastando um pouco menos. O berço do exemplo anterior custa R$ 2.650 em sites de compras; no sistema de aluguel, o total gasto fica em R$ 1.608. Outra vantagem apontada é a dificuldade de transporte dos objetos e o valor do frete para quem compra produtos novos.

Há ainda a questão da sustentabilidade, já que o aluguel evita a compra de produtos novos, e por sua vez, geração de mais lixo a longo prazo. A Tuim afirma fazer a manutenção necessária nos móveis mais deteriorados para deixá-los prontos para o próximo cliente. Se os objetos não estiverem mais no padrão de locação, são vendidos por preços mais baixos ou doados.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos