Mercado fechado

Esses 5 itens estão indo para Marte "de carona" com o rover Perseverance

Danielle Cassita
·4 minuto de leitura

O rover Perseverance, da NASA, deverá realizar seu pouso histórico na superfície de Marte nesta quinta-feira (18), para dar início a uma série de estudos sobre a possível ocorrência de vida por lá, entre outros objetivos científicos. E, além dos instrumentos necessários para a missão, alguns itens curiosos pegaram uma carona com o rover.

De fato, a NASA tem a tradição de acrescentar alguns curiosos itens adicionais às naves que lança ao espaço — as missões Pioneer 10 e 11, por exemplo, levaram uma placa com a localização da Terra na galáxia, além de imagens de um homem e uma mulher nus. Agora, o Perseverance resgata um pouco desta história, pois, entre os itens, há uma placa fixa com uma gravação que lembra aquela do programa Pioneer.

Segundo Jim Bell, que atuou no desenvolvimento de quase todos os rovers da NASA para Marte, estes são complementos importantes para a missão: "isso traz elementos artísticos para missões que, geralmente, seriam dominadas pela ciência e tecnologia, além de homenagens para colegas que ajudaram a construir o caminho para a exploração humana do espaço", disse.

Confira os itens que estão a caminho de Marte com o rover Perseverance:

Vários nomes e uma mensagem

Os nomes foram gravados nos microchips, localizados no canto superior esquerdo da placa (Imagem: Reprodução/NASA/JPL-Caltech)
Os nomes foram gravados nos microchips, localizados no canto superior esquerdo da placa (Imagem: Reprodução/NASA/JPL-Caltech)

Em 2019, a NASA iniciou a campanha "Send Your Name To Mars", onde convidou a população a enviar seus nomes e países de origem para a missão Mars 2020. A ideia da iniciativa era gravar os nomes dos participantes em microchips, que foram instalados na estrutura do Perseverance. Assim, mais de 10 milhões de nomes foram registrados em três componentes.

A ilustração da placa é uma homenagem às gravações que estiveram nas placas das naves Pioneer e das sondas Voyager 1 e 2. Além disso, ela guarda a mensagem "Explore As One", escrita em código Morse nos raios do Sol, que pode ser traduzida como "explore como um só".

Memorial da pandemia

A placa com a homenagem aos profissionais de saúde (Imagem: Reprodução/NASA/JPL-Caltech)
A placa com a homenagem aos profissionais de saúde (Imagem: Reprodução/NASA/JPL-Caltech)

O rover está levando uma homenagem física aos profissionais de saúde que vêm lutando contra a pandemia de COVID-19 aqui na Terra. Como o lançamento da missão foi em julho de 2020, pouco depois da chegada do vírus aos Estados Unidos, a equipe queria representar o impacto da pandemia naquele ano, além de homenagear a perseverança dos profissionais da linha de frente do combate à doença.

Assim, eles fixaram uma placa de alumínio no lado esquerdo do chassi do rover com uma ilustração especial. A placa mede 8 por 13 cm, e mostra o símbolo do bastão e da serpente, que representam a medicina. Essa estrutura sustenta a Terra, a origem de uma nave que parte para Marte.

Mastcam-Z

As figuras gravadas no Perseverance mostrando as primeiras formas de vida na Terra (Imagem: Reprodução/NASA/JPL-Caltech)
As figuras gravadas no Perseverance mostrando as primeiras formas de vida na Terra (Imagem: Reprodução/NASA/JPL-Caltech)

Este instrumento atua como os principais "olhos" do Perseverance, e tem uma câmera para capturar panoramas coloridos da paisagem marciana. Além dos recursos de câmera, o instrumento também leva a mensagem "Two Worlds, One Beginning" ("dois mundos, um começo", em tradução livre), como uma referência à ideia de que Terra e Marte nasceram da mesma poeira protoestelar.

Em outra parte dele, foi gravada a mensagem “Estamos sozinhos? Viemos para procurar sinais de vida e coletar amostras de Marte para estudar na Terra. Àqueles que seguem, desejamos uma jornada segura e a alegria da descoberta”, em tradução livre. Na estrutura do Mastcam-Z, podemos ver figuras das primeiras formas de vida da Terra, como as cianobactérias e os dinossauros, além de desenhos de um homem e uma mulher.

SHERLOC

O instrumento e a moeda em seu interior, com a gravação do endereço do detetive ficcional (Imagem: Reprodução/NASA/JPL-Caltech)
O instrumento e a moeda em seu interior, com a gravação do endereço do detetive ficcional (Imagem: Reprodução/NASA/JPL-Caltech)

Além de brincar com o nome do famoso detetive da ficção, o instrumento SHERLOC é mais uma das ferramentas científicas do Perseverance, contando com um laser, espectrômetros e a câmera WATSON (Wide Angle Topographic Sensor for Operations and eNgineering). As imagens dos objetos feitas pelo câmera poderão ser acessadas posteriormente na galeria de imagens do Perseverance.

Ainda, uma moeda especial com o endereço de Holmes, em Londres, foi escondida atrás do visor de policarbonato do instrumento para que, de repente, seja encontrada por astronautas no futuro. Por fim, o SHERLOC está decorado com um fragmento de meteorito marciano e amostras de trajes espaciais. Claro que é interessante vermos um pouco da história dos voos espaciais da NASA indo para Marte, mas isso foi feito também para as equipes verificarem como os materiais se comportam na superfície do planeta.

Um meteorito especial

Pedaço de meteorito fotografado no interior da Estação Espacial Internacional (Imagem: Reprodução/NASA/JPL-Caltech/LANL/CNES/ESA/Thomas Pesquet)
Pedaço de meteorito fotografado no interior da Estação Espacial Internacional (Imagem: Reprodução/NASA/JPL-Caltech/LANL/CNES/ESA/Thomas Pesquet)

Pois é, um pedaço de meteorito foi incluído no rover: durante a construção do Perseverance, os cientistas adicionaram um fragmento da rocha no SuperCam, o laser que equipa o rover para vaporizar partes da superfície para análises da composição dela. A ideia é que a rocha atue como alvo de calibração do instrumento.

Os cientistas usam esses alvos para terem um padrão que possa ser utilizado na hora de verificar e ajustar as configurações dos instrumentos. O fragmento já teve uma estadia a bordo da Estação Espacial Internacional e, agora, viaja de “carona” de volta para Marte.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: