Mercado fechado

Essential encerra operações e cancela novo smartphone e atualizações do PH-1

Felipe Junqueira

Pouco mais de dois anos depois de lançar o primeiro e único smartphone, a Essential anuncia o fim das operações. Fundada por Andy Rubin, que também criou o Android, a companhia até tentou criar um fato novo, com o Project Gem, lançado em outubro do ano passado, mas as coisas não funcionaram e a companhia vai fechar, encerrando, inclusive, as atualizações para o Essential PH-1.

“Apesar dos nossos melhores esforços, levamos o Gem até onde podíamos e agora infelizmente não temos um caminho claro para entregá-lo a nossos consumidores. Com isso em mente, tomamos a difícil decisão de encerrar as operações e fechar a Essential”, escreveu a empresa, em um comunicado publicado no blog oficial.

Isso significa, segundo a própria companhia, que o pacote de segurança publicado em 3 de fevereiro para o PH-1 foi o último desenvolvido oficialmente pela equipe da Essential. “Seu PH-1 vai continuar a funcionar, mas não vamos mais fornecer nenhuma nova atualização nem suporte ao consumidor”, explica a empresa.

Smartphone que parece controle remoto da Essential não vai chegar às lojas (Foto: Andy Rubin)

A companhia ainda explica que usuários do Newton Mail terão acesso ao serviço até o dia 30 de abril de 2020. “Às comunidades da Essential e Newton Mail, oferecemos nosso mais profundo agradecimento pelo apoio e paixão por nossa visão. Vocês nos motivaram, nos mantiveram em pé e fizeram valer a pena”, conclui a mensagem.

Como recorda o Android Police, o ligeiro buzz gerado pelo anúncio do Gem acabou, também, aumentando a atenção às acusações de assédio contra o fundador da Essential, Andy Rubin. Apesar de a empresa não ter mencionado, isso pode ter contribuído para a decisão de fechar a companhia.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: