Mercado fechará em 4 h 3 min
  • BOVESPA

    100.710,03
    +1.991,05 (+2,02%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.843,10
    +120,81 (+0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    104,33
    +5,80 (+5,89%)
     
  • OURO

    1.739,70
    +3,20 (+0,18%)
     
  • BTC-USD

    20.854,43
    +718,74 (+3,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    455,04
    +10,72 (+2,41%)
     
  • S&P500

    3.888,77
    +43,69 (+1,14%)
     
  • DOW JONES

    31.276,25
    +238,57 (+0,77%)
     
  • FTSE

    7.189,08
    +81,31 (+1,14%)
     
  • HANG SENG

    21.643,58
    +56,92 (+0,26%)
     
  • NIKKEI

    26.490,53
    +382,88 (+1,47%)
     
  • NASDAQ

    12.072,75
    +192,50 (+1,62%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4359
    -0,0932 (-1,69%)
     

Esri lança mapa atualizado de cobertura do solo com novos conjuntos de dados globais

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·5 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Mapas de alta resolução de 2017 a 2021 já disponíveis no ArcGIS Living Atlas of the World da Esri

REDLANDS, Califórnia, March 11, 2022--(BUSINESS WIRE)--Governos e empresas ao redor do mundo estão se comprometendo a adotar práticas mais sustentáveis e igualitárias. Muitos estão trabalhando também para limitar atividades que contribuem com mudanças climáticas. Para apoiar estes esforços, a Esri, líder mundial em informações de localização, em parceria com a Impact Observatory e a Microsoft, está lançando um mapa do uso e cobertura do solo globalmente consistente de 2017 a 2021 com base nos dados mais atualizados do satélite Sentinel-2 com resolução de 10 metros. Além dos novos dados de 2021, dados com resolução de 10 metros do uso e cobertura do solo de 2017, 2018, 2019, e 2020 estão incluídos, ilustrando cinco anos de mudanças pelo planeta.

Essa renderização digital das superfícies da Terra oferece informações detalhadas e insights sobre como o solo está sendo utilizado. O mapa está disponível on-line para mais de 10 milhões de usuários do software de sistema de informações geográficas (geographic information system, GIS) através do ArcGIS Living Atlas of the World da Esri, a coleção mais importante de informações e serviços geográficos, incluindo mapas e aplicativos.

"Mapas precisos, oportunos e acessíveis são críticos para compreender o mundo em rápida transformação, especialmente quando os efeitos das mudanças climáticas aceleram globalmente", disse Jack Dangermond, fundador e presidente da Esri. "Planejadores do mundo inteiro podem utilizar este mapa para entender melhor os desafios complexos e adotar uma abordagem geográfica para decisões sobre segurança alimentar, uso sustentável do solo, água de superfície e gestão de recursos".

A Esri lançou um mapa global de cobertura do solo 2020 no ano passado, além de um mapa global de cobertura do solo 2050 de alta resolução, mostrando como as superfícies do solo terrestre podem parecer daqui a 30 anos. Com os lançamentos anuais planejados, os usuários terão a opção de fazer comparações em relação a anos anteriores para detectar mudanças na vegetação e cultivos, extensão de florestas, superfícies nuas e áreas urbanas.

Esses mapas também fornecem insights sobre localidades com uso/cobertura do solo distintos, como também atividade humana que as afeta. Agências de recursos do governo nacional utilizam dados de uso/cobertura do solo como uma base para entender tendências no capital natural, o que ajuda a definir prioridades de planejamento do solo e determinar alocações de orçamentos.

As camadas do mapa da Esri foram desenvolvidas com imagens do satélite Sentinel-2 da Agência Espacial Europeia (European Space Agency, ESA), com fluxos de trabalho de aprendizado de máquina da parceira prata da Esri, a Impact Observatory e incríveis recursos de computação da Microsoft, parceira de longa data. O satélite Sentinel-2 possui uma série de tecnologias que incluem instrumentos de radar e de imagens multiespectrais para solo, oceano e atmosferas, permitindo o monitoramento da vegetação, solo e cobertura de água, vias navegáveis interiores e áreas costeiras.

"Líderes mundiais precisam definir e alcançar metas ambiciosas para um desenvolvimento sustentável e restauração ambiental", disse Steve Brumby, cofundador e diretor executivo da Impact Observatory. "A Impact Observatory e nossas parceiras Esri e Microsoft são mais uma vez as primeiras a entregar um conjunto anual de mapas globais em escala e velocidade sem precedentes. Esses mapas das mudanças do uso e cobertura do solo fornecem a líderes de governos, indústria e finanças um novo recurso alimentado por inteligência artificial (IA) para percepções geoespaciais oportunas e acionáveis sob demanda".

A Esri e a Microsoft lançaram esse mapa de séries temporais com resolução de 10 metros sob uma licença Creative Commons para incentivar a ampla adoção e garantir o acesso igualitário para planejadores trabalhando para criar um planeta mais sustentável. Os usuários podem manipular as camadas do mapa e outras camadas de dados com o software GIS para criar visualizações mais dinâmicas.

Além de estarem disponíveis gratuitamente na ArcGIS Online como um serviço de mapa, esses recursos também estão disponíveis para download e visualização. Para explorar o mapa global de uso/cobertura do solo 2021, acesse livingatlas.arcgis.com/landcover.

Sobre a Impact Observatory

A Impact Observatory desenvolve dados geoespaciais alimentados por IA, sob demanda, que mapeiam mudanças no uso e cobertura do solo em escala velocidade sem precedentes. A Impact Observatory fornece a líderes mundiais em governos, indústria e finanças insights oportunos, acionáveis e orientados por dados para análise de sustentabilidade e de risco ambiental. A Impact Observatory é uma empresa americana de tecnologia com sede em Washington, D.C.

Sobre a Esri

A Esri — líder mundial no mercado de software de sistema de informações geográficas (geographic information system, GIS), inteligência de localização e mapeamento — ajuda os clientes a liberarem todo o potencial dos dados visando a melhorar resultados operacionais e comerciais. Fundada em 1969 em Redlands, estado norte-americano da Califórnia, o software da Esri é implementado em mais de 350 mil organizações do mundo todo e em mais de 200 mil instituições nas Américas, Ásia, Pacífico, Europa, África e Oriente Médio, inclusive empresas Fortune 500, instituições governamentais, organizações sem fins lucrativos e universidades. A Esri tem escritórios regionais, distribuidores internacionais e parceiros que prestam suporte local em mais de 100 países em seis continentes. Mantendo sempre seu compromisso pioneiro com a tecnologia da informação geoespacial, a Esri projeta as soluções mais inovadoras para a transformação digital, a internet das coisas (Internet of Things, IoT) e análises avançadas. Conheça a empresa em esri.com.

Copyright © 2022 Esri. Todos os direitos reservados. Esri, o logotipo de globo da Esri, ArcGIS, The Science of Where, esri.com e @esri.com são marcas comerciais, marcas de serviço ou marcas registradas da Esri nos Estados Unidos, na Comunidade Europeia ou em outras jurisdições. Outras empresas, produtos ou serviços mencionados neste comunicado podem ser marcas comerciais, marcas de serviço ou marcas registradas de seus respectivos proprietários.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20220310005322/pt/

Contacts

Jo Ann Pruchniewski
Relações Públicas da Esri
Celular: 301-693-2643
E-mail: jpruchniewski@esri.com

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos